»Geral - Panambi News

Governo Gaúcho busca em Brasília a liberação de quase 3 milhões para beneficiar hospitais filantrópicos

A secretária Arita Bergmann tratou do assunto em Brasília. (Foto: Ascom Conass)
A secretária Arita Bergmann tratou do assunto em Brasília. (Foto: Ascom Conass)

O governo do Estado buscou nesta semana a liberação, em Brasília, de R$ 2,9 milhões para beneficiar as Santas Casas de Misericórdia e hospitais filantrópicos do Rio Grande do Sul. Os recursos são de emendas parlamentares encaminhadas no final de 2018 e que ainda não tinham sido liberadas pelo governo federal.

O tema foi tratado em reunião na quarta-feira entre a secretária da Saúde, Arita Bergmann, e o ministro Luiz Henrique Mandetta. As emendas em questão são dos deputados Afonso Hamm, no valor de R$ 2,1 milhões, e Covatti Filho, de R$ 800 mil. Mandetta comprometeu-se a encaminhar o pedido da comitiva gaúcha.

Acompanhada do ministro da Cidadania, Osmar Terra, a secretária também tratou do funcionamento do Hospital Regional de Santa Maria. Ela ressaltou a necessidade de ajuda federal para equipar a instituição, proporcionando seu funcionamento. Terra ressaltou a importância do hospital para os gaúchos, respaldando a solicitação da Secretaria da Saúde.

No final do encontro, Mandetta pediu que seja encaminhado ao Ministério da Saúde cópia do projeto com as etapas necessárias para a unidade funcionar como um hospital.

Práticas inovadoras

A secretária da Saúde, Arita Bergmann, esteve na quarta-feira (13), em Brasília, na primeira assembleia do ano do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde). Com um discurso otimista e diante de uma plateia formada pelos secretários de Saúde de todo o País, Arita falou que é possível, sim, fazer a diferença e construir um novo futuro para a saúde no Rio Grande do Sul.

A secretária defendeu uma gestão focada no municipalismo. “Estamos valorizando as práticas inovadoras, utilizando ferramentas de tecnologia e informação, mas sempre buscando o interesse público e resultados concretos na vida do cidadão”, afirmou.

A reunião, que contou com a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi uma oportunidade para tratar de assuntos do SUS (Sistema Único de Saúde) em âmbito nacional. O encontro possibilitou a apresentação dos titulares das pastas da saúde nas novas gestões estaduais.

A secretária elogiou a fala do ministro e o fato de ele estar assessorado por gaúchos como o ex-secretário da Saúde João Gabbardo dos Reis. Arita esteve acompanhada da secretária adjunta, Aglaé Regina da Silva.

Reunião com gestores de municípios do RS

Na segunda-feira, antes de ir a Brasília, a secretária ouviu as posições sobre as principais demandas de secretários de Saúde de nove municípios que fazem parte da 9ª Coordenadoria Regional, com sede em Cruz Alta, visando ao fortalecimento da rede de assistência. No encontro, os gestores representantes do municípios da região falaram sobre soluções a serem encontradas para melhoria do atendimento. Composta por 13 cidades, a regional abrange uma população de mais de 150 mil habitantes.

Entre os assuntos discutidos estavam as referências oferecidas pelo principal hospital da região, o São Vicente de Paulo, de Cruz Alta. Além disso, os representantes das secretarias municipais também trouxeram questões sobre o acesso a serviços que precisam ser encaminhados para fora da região. Sobre isso, Arita adiantou que será avaliada e apresentada aos municípios uma proposta para a área de gestação de alto risco, definindo os fluxos de atendimento para o hospital, que passam pelo funcionamento de ambulatório e de partos.

Arita ainda comentou o apoio da SES aos municípios em questões como a judicialização e assistência farmacêutica. Destacou também a previsão de que, a partir de março, o governo estadual consiga manter em dia os pagamentos a municípios, hospitais e fornecedores, discutindo uma programação para a quitação dos valores que estão pendentes.

Participaram as secretárias municipais de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Boa Vista do Incra, Saldanha Marinho, Ibirubá, Selbach, Colorado e Fortaleza dos Valos e o secretário de Tupanciretã. O Sul.com

Matéria publicacada em 14/02/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.