»Geral - Panambi News

Polícia Civil apreende adolescente suspeita de planejar ataque em escola de Roca Sales

Também foi recolhida uma pistola 9 mm na casa da menina de 17 anos

A Polícia Civil de Roca Sales, no Vale do Taquari, apreendeu nesta quinta-feira uma pistola 9 mm e uma adolescente de 17 anos suspeita de orquestrar um ataque a uma instituição de ensino do município de pouco mais de 11 mil habitantes. O alvo seria a Escola Estadual de Educação Básica Padre Fernando. Conforme o titular da Delegacia de Polícia da cidade, delegado Alex Assmann, ele foi acionado por uma professora na tarde dessa quarta. “Ela entrou em contato com a informação de que uma aluna teria uma arma e estaria planejando alguma coisa na escola”, explicou.

A docente foi alertada por uma estudante, amiga da garota apreendida, que havia recebido mensagens via WhatsApp com fotos de uma arma de fogo e referências a um atantado. Na conversa, a denunciante questiona: “E aí tá indo na escola ou tu não vai?”. A outra responde: Tô indo… vou faze (sic) o massacre amanhã ”, justificando, na sequência, "que ficam me tirando toda hora". A jovem ainda compartilhou pelo menos uma imagem empunhando a arma de fogo com a legenda “pras talarica (sic) é bala. Em outra, que segue da legenda "faze akele (sic) estrago amanhã na escola", um jovem aparece segurando o objeto.

“Recebemos os prints dessas conversas e achamos preocupante. Não sabíamos se era brincadeira, então imediatamente pedimos um mandado de busca e apreensão na residência, que foi prontamente deferido”, disse o delegado. O mandado foi cumprido nesta manhã em um endereço da cidade. A arma foi apreendida, e a adolescente recolhida para a delegacia de Encantado, cidade vizinha.

A menina foi apresentada à Promotoria desse município na tarde hoje e será feita representação pela internação provisória, inclusive para o tratamento médico da adolescente. A informação foi confirmada pelo Ministério Público.

Escola mantém aulas

Segundo a secretaria da Escola Estadual de Educação Básica Padre Fernando, as aulas foram mantidas e o local opera em sua integralidade. Nesta tarde, a instituição confirmou à reportagem que a diretora atendeu pessoalmente pais de alunos para esclarecer a situação. De acordo com o Censo Escolar 2018, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o local tem 418 matrículas em turmas do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e de Educação Especial. Correio do Povo

Matéria publicacada em 21/03/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.