»Geral - Panambi News

Morre Rafael Henzel, um dos seis sobreviventes da tragédia da Chapecoense

Jornalista de 45 anos passou mal durante partida de futebol com amigos

Um dos seis sobreviventes da queda do avião que levava a Chapecoense para a Colômbia, em 29 de novembro de 2016, Rafael Henzel morreu nesta terça-feira. O jornalista, de 45 anos, passou mal durante uma partida de futebol com amigos, em Chapecó. Faleceu a caminho de um hospital. A informação foi confirmada pela rádio em que ele trabalhava, a Oeste Capital. Ele narraria mais uma partida nesta quarta-feira. Rafael Henzel deixa esposa e um filho de 13 anos.

Em 2017, Henzel lançou o livro "Viva Como Se Estivesse de Partida", em que fez um relato emocionante da tragédia, mas com um tom otimista sobre a equipe de futebol que chegava para sua primeira decisão internacional no futebol, a Copa Sul-Americana. Além dele, os jogadores Alan Ruschel, Neto e Follmann conseguiram ser resgatados com vida. Dois comissários de bordo bolivianos também foram resgatados. Setenta e uma pessoas morreram quando a aeronave caiu poucos quilômetros antes de pousar. Semana passada, viajou a Berlim para a estreia do filme documentário “Nossa Chape”.

Segundo o autor, na época, a obra traz momentos da sua relação com o clube, as perdas com a tragédia, a recuperação das vítimas, o incentivo e a solidariedade da população. “Foi a maneira que eu encontrei de abranger um número maior de pessoas sobre o que aconteceu, mas eu não gostaria que as pessoas lessem o livro e olhassem só para a minha história. Quero que elas leiam e pensem nas suas histórias”, explicou. Correio do Povo

A Chapecoense prestou sua homenagem no Twitter:

A Associação Chapecoense de Futebol vem a público a fim de manifestar o profundo pesar e toda a consternação pela notícia do falecimento do jornalista Rafael Henzel, ocorrido na noite desta terça-feira.

Durante a sua brilhante carreira, Rafael narrou, de forma excepcional, a história da Chapecoense. Tornou-se um símbolo da reconstrução do clube e, nas páginas verde e brancas desta instituição, sempre haverá a lembrança do seu exemplo de superação e de tudo o que fez, com amor, pelo time, pela cidade de Chapecó e por todos os apaixonados por futebol.

Desejamos, de todo o coração, que a família tenha força para enfrentar mais um momento tão difícil e esta perda irreparável. Os sentimentos e as orações de todos os chapecoenses, torcedores e ouvintes, estão com vocês.

Matéria publicacada em 26/03/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.