»Geral - Panambi News

Polícia civil trabalha no caso do atropelamento ocorrido no Distrito

Na ultima segunda-feira, a Polícia Civil de Panambi deu início nas investigações do caso do atropelamento que ocorreu na madrugada do último sábado, no Distrito Industrial em Panambi.

Segundo o chefe de polícia de Panambi, o Delegado Gustavo Fleury, informou à nossa reportagem que as pessoas envolvidas no acidente já começaram a ser ouvidas, bem como as imagens de circuito de câmeras das empresas próximas já foram requisitadas para análise investigativa.

Outra medida é referente ao levantamento que policiais civis já realizaram no veículo, aguardando somente a perícia complementar.

O chefe de polícia ainda informou que serão tomados os depoimentos das vítimas. Ainda é cedo para conclusões até porque muitas informações divulgadas sobre o acidente seriam boatos que teriam viralizados na comunidade e em redes sociais. A Polícia Civil está trabalhando para esclarecer o real motivo desse fato e o que realmente aconteceu naquela madrugada. A condutora que permaneceu no local no momento do acidente assumiu que estava no volante do veículo e segundo informação, seria do pai da sua amiga que não é habilitada e que estaria no banco do caroneiro do veículo.

Dos 5 feridos dois ainda estão internados um em hospital de Porto Alegre e outro em Cruz Alta. Estes, teriam sofridos lesões graves, uma com traumatismo craniano. Informações de familiares sao de que há evolução na melhora dos pacientes. Os outros ferido foram liberados e estão sendo acompanhados por avaliação médica.

O ACIDENTE: O que se sabe é que um veículo Honda Civic de Panambi era conduzido por uma jovem, mulher de 19 anos, que teria atropelado 5 pessoas, algumas ficaram com lesões graves sendo socorridas por equipes de resgates. As vítimas, também jovens, estavam reunidos com amigos, como costumeiramente fazem nos finais de semana naquele local.

 

Matéria publicacada em 27/03/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.