»Geral - Panambi News

Qualidade microbiológica da água do Rio Fiúza é avaliada em projeto de pesquisa do IFFar – Campus Panambi

Docentes e alunos do Campus Panambi estão desenvolvendo um projeto de pesquisa que visa avaliar a qualidade físico-química e microbiológica da água do rio Fiúza em Panambi/RS. O projeto iniciou no segundo semestre de 2018 e tem previsão de término em 2020. O rio Fiúza é a principal fonte de abastecimento de água para a população de Panambi, sendo esse um estudo necessário para conhecer a influência que a população tem nos parâmetros de qualidade da água, ao longo do percurso do rio.

Para isso, estão sendo coletadas amostras em sete pontos diferentes do rio, distribuídos entre áreas rurais e urbanas. As análises serão realizadas no Campus Panambi, utilizando equipamentos e procedimentos específicos para cada caso, seguindo o Manual Prático de Análise de Água da Fundação Nacional de Saúde. O estudo analisará alguns parâmetros como pH, alcalinidade, sólidos totais dissolvidos, além de análises microbiológicas, incluindo contagem de bactérias e coliformes totais.

Posteriormente as informações serão utilizadas como dados para a elaboração de artigos científicos, contribuindo para a disseminação de conhecimento na área e também como forma de conscientização da população. Samile Martel, coordenadora do projeto, intenciona estabelecer parceria futura com a UFSM a fim de realizar também análise do quantitativo de agrotóxicos presentes na água, pois o IFFar não dispõe de estrutura laboratorial para realizar tais análises.

O projeto de pesquisa conta atualmente com 2 estudantes bolsistas: Franciele Machado, acadêmica do 7º semestre em Licenciatura em Química, e Maria Luiza Ott, acadêmica do Técnico Integrado em Química, além da colaboração de Fernando Lieberknecht como voluntário. Os servidores Larissa de Lima Alves, Odair Dal Agnol e Josiana Rita Bazana atuam como colaboradores.

Matéria publicacada em 25/04/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.