»Geral - Panambi News

Grêmio goleia o Juventude e se classifica para as quartas de final da Copa do Brasil

Dois gols de Felipe Vizeu e um de Tardelli confirmaram a vaga tricolor na próxima fase

Após mais de um mês, o Grêmio voltou a vencer duas partidas seguidas e, mais do que isso, garantiu a classificação às quartas de final da Copa do Brasil ao golear o Juventude por 3 a 0 na noite desta quarta, na Arena. Os gols da partida foram marcados pelo centroavante Felipe Vizeu, duas vezes, e por Tardelli, que parecem estar querendo seus lugares no time titular.

Precisando da vitória para passar de fase, o técnico Renato Portaluppi surpreendeu na escalação e colocou o garoto Vico, 22 anos, na vaga que vinha sendo de Alisson, pela direita do ataque. Além dele, Vizeu entrou no lugar de André. Os outros nove foram os mesmos que derrotaram o Galo no sábado passado.

As primeiras finalizações, no entanto, foram do Juventude. A dois minutos, o centroavante uruguaio com passagem pelo Grêmio, Braian Rodríguez, cabeceou para fora, sem perigo. Aos 10, o lateral Eltinho fez boa jogada pela esquerda e chutou forte para a defesa de Paulo Victor. No escanteio, Sidimar cabeceou para fora.

CONFIRA A TABELA DA COPA DO BRASIL

No lance seguinte, o Grêmio conseguiu ingressar na área do time caxiense pela primeira vez. Depois de um bate e rebate, a torcida gritava pedindo um toque de mão do zagueiro Genílson, que seria pênalti. O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães aguardou a equipe do VAR revisar o lance, mas nada marcou.

A partir daí os donos da casa passaram a pressionar mais. Com as linhas de marcação avançadas, a equipe de Renato tentava forçar o erro na saída de bola do Juventude. Em uma boa chegada, Everton tocou para Jean Pyerre, que escorou de letra para Vico. O garoto ajeitou para a perna esquerda e carimbou o adversário.

Logo depois, Jean Pyerre chutou de longe e Marcelo Carné mandou para escanteio. Na cobrança à meia altura, a bola desvia no braço do volante João Paulo. O árbitro precisou conferir o replay do lance na tela do VAR antes de apontar para a marca da cal, aos 23 minutos.

Quem se posicionou para bater foi Jean Pyerre, que parece ter assumido a condição de homem das bolas paradas do Grêmio. Ele chutou no meio do gol e o goleiro Marcelo Carné defendeu com o pé esquerdo, no quinto pênalti desperdiçado pelo Tricolor no ano, em nove cobranças.

O jogo ficou lá e cá. Aos 30 minutos, o Juventude aproveitou um erro na saída de bola gremista e ganhou uma falta pela direita de ataque. A bola foi alçada na área, a defesa cortou e, no rebote, Denner obrigou Paulo Victor a fazer mais uma grande defesa.

A resposta foi rápida, No minuto seguinte Everton recebeu na esquerda e deu um drible desconcertante em Moisés antes de cruzar para Vico, que cabeceou com perigo à esquerda do gol do Juventude. E se a bola não havia entrado com Vico, foi às redes com Vizeu. Aos 39 minutos, o lateral-esquerdo Juninho Capixaba foi à linha de fundo e cruzou na medida para o centroavante abrir o marcador na Arena.

Para o segundo tempo, Renato fez uma troca entre garotos: saiu Vico e entrou Pepê. Nos primeiros minutos, a equipe visitante tentava manter a posse da bola, mas logo o Grêmio voltou a ter a bola. Aos 12 minutos, Pepê arrancou pela esquerda, deu a bola para Vizeu, que passou para Everton. O atacante da Seleção Brasileira, que hoje se junta ao grupo que disputará a Copa América, chutou para uma defesa atabalhoada de Carné.

O jogo ficou morno, e para tentar reacender o ímpeto ofensivo do time, o técnico gremista mandou a campo Thaciano no lugar de Jean Pyerre, aos 19 minutos. E a mudança deu certo. Depois de uma boa troca de passes entre Pepê, Maicon e Thaciano, o meia que havia acabado de entrar cruzou na cabeça de Vizeu, que novamente bem posicionado só escorou para dentro.

Minutos depois Renato resolveu coroar Vizeu. Sacou o centroavante para a entrada de Tardelli e, mais do que isso, para receber o aplausos dos torcedores que estiveram na Arena na noite desta quarta-feira.

Antes do fim, com o Juventude abatido, o Grêmio explorava os contra-ataques para fazer a vitória virar goleada. Aos 31, o zagueiro Rodriguez limpou o marcador e chutou para boa defesa do goleiro do Juventude. Três minutos mais tarde Tardelli recebeu livre, na entrada da área, e chutou para fora.

O terceiro gol saiu aos 37, quando Thaciano apareceu pela direita e cruzou para Tardelli. Como centroavante, o experiente atacante gremista escorou com o joelho para botar para dentro e fechar o placar: 3 a 0.

Assim, o Tricolor está nas quartas de final. O sorteio para definir o adversário ainda não tem data definida, mas as partidas vão ocorrer só após o término da Copa América, em julho.

COPA DO BRASIL — OITAVAS DE FINAL — ONTEM, 29/5/2019

GRÊMIO 3

Paulo Victor; Léo Gomes, Geromel, Rodriguez e Juninho Capixaba; Michel, Maicon; (A), Vico (Pepê, int), Jean Pyerre (Thaciano, 19'/2º), Everton; Felipe Vizeu (Diego Tardelli, 27'/2º). Técnico: Renato Portaluppi

JUVENTUDE 0

Marcelo Carné; Vidal, Genílson, Sidimar (A) e Eltinho; João Paulo; (A) Bruno Alves (A) (Paulo Sérgio, 33'/2º), Moisés (Aprile, 40'/2º), Denner, Dalberto; Braian Rodríguez (Breno, 13'/2º). Técnico: Marquinhos Santos

GOL: Felipe Vizeu (G), aos 39 minutos do primeiro tempo e aos 23 da etapa final, e Diego Tardelli (G), aos 37 minutos do segundo tempo.

ARBITRAGEM: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Bruno Boschilia (PR).

VAR: Pathrice Corrêa Maia (RJ).

PÚBLICO: 21.649 pessoas (19.560 pagantes).

RENDA: R$ 575.779,00.

LOCAL: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS).

PRÓXIMO JOGO — BRASILEIRÃO

BAHIA X GRÊMIO

SÁBADO, 1º/6 — 19H

 

Matéria publicacada em 29/05/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.