»Geral - Panambi News

Projeto valoriza o trabalho das agentes de endemias

Projeto de Lei enviado elo prefeito Daniel Hinnah à Câmara de Vereadores prevê incentivo financeiro às agentes de combate a endemias. O objetivo é a valorização do servidor por meio de incentivo, melhorem o serviço prestado à população para que, continuamente, definindo que os servidores eu atuam na área de endemias poderiam ser contemplados com algum valor, vindo do Ministério da Saúde, a partir do momento em que fossem alcançados determinados índices de produtividade dentro do município no qual eles atuam. Em recente manifestação, o prefeito Daniel lembrou que a iniciativa parte de uma indicação do vereador Serchaple, do Partido Democrático Trabalhista, o PDT.

Serchaple explica que, no ano de 2016, em nível federal, foi emitida Portaria O incentivo financeiro não possui natureza salarial e está vinculado ao Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde, o PQA-VS. As próprias agentes procuraram o vereador do PDT para revelar que havia a necessidade de lei municipal para que esse valor fosse destinado a elas.

Aproximadamente 30 servidoras serão contempladas. O Projeto de lei tramita em regime de urgência, com 30 dias para a sua votação. O valor é pouco menos do que R$ 17 mil por ano. Com a Lei Municipal e o recursos sendo disponibilizado pelo Ministério, a tendência é de que o valor, possivelmente reajustado, seja renovado a cada ano.

Farmácia ambulante

O vereador pedetista também apresentou indicação para que a Prefeitura crie o sistema de Ambulância Móvel.

O serviço seria oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e tem por objetivo levar uma Farmácia Móvel para os bairros e interior, e de uma forma simples buscar solucionar um problema recorrente em nosso Município, que é interrupção de tratamentos contínuos por pessoas que precisam fazer o uso de medicamentos controlados, e que por muitas vezes não o fazem, por simplesmente não poderem se deslocar até a Farmácia, pelos mais diversos motivos. “A descentralização resultaria em um acesso para mais pessoas”, disse Serchaple, para quem o estudo em cima da Farmácia Móvel “é uma forma de a administração municipal estar mostrando que ainda há coisas a fazer dentro da área de saúde”. Ele afirmou que municípios como Passo Fundo e Maringá (PR) têm iniciativas semelhantes mantidas com sucesso.

Matéria publicacada em 04/06/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.