»Geral - Panambi News

Iraí possui a melhor água termal do Brasil e a segunda do Planeta

Situada a 458 km da capital gaúcha, Porto Alegre, o município de Iraí, no Estado do Rio Grande do Sul, é famoso pelas suas riquezas naturais, em especial, as águas termais. Tanto que a potencialidade da cidade dentro em estância hidromineral deu ao local o título de “Cidade Saúde”, pois traz nas águas minerais termais e na lama medicinal, fonte curadora, um método terapêutico recomendado por médicos e especialistas no Brasil e do mundo.

“Nossa água é considerada a melhor água termal do Brasil e a segunda do mundo, ficando atrás apenas da França. Não é um poço perfurado, a água desce de uma rocha a 36,5ºC, são cerca de 130 mil litros diários”, explicou o secretário Municipal de Turismo de Iraí, Ediner Juliano Kehl, em entrevista nesta sexta-feira (16), ao programa “Bronca do Eli”, da rádio Rádio Segredo FM 106,3, Campo Grande, e Rádio Diamante FM 98,7, nos municípios de Corguinho e Rochedo, do Estado de Mato Grosso do Sul.

“É uma água considerada milagrosa, mística. Quem sofre de artrite, artrose, problemas de pele, por exemplo. Para se ter ideia as pessoas que vieram mais longe, isso eu vi são pessoas do Canadá. Tem um canadense que vem se tratar de um problema de pele, anualmente. Aqui, ele vem se cuidar por 21 dias, uma vez ao ano”, destacou.

Nos anos 60, auge da água termal eram oferecidos 1.500 banhos diários em Iraí, conforme lembra o secretário de Turismo. “Com a medicina se aprimorando os tratamentos foram se voltando mais a medicação. Contudo, hoje com o retorno da medicina alternativa, essa busca mais natural, estamos retornando e muito com os nossos turistas que buscam esse tipo de tratamento”.

O balneário municipal Oswaldo Cruz, denominado assim em homenagem ao famoso médico sanitarista brasileiro, tem o valor simbólico de R$ 10,00 a entrada para quem quiser desfrutar do espaço. Lá, o turista pode passar o dia inteiro curtindo o espaço. “É um espaço que realmente vale a pena. Sem contar que em Iraí há outros atrativos para os turistas. É uma região reconhecida pelas pedras ametistas, o salto de Ukumã que é o maior salto longitudinal do mundo, no Rio Uruguai, quase 2 mil km de queda. Existe para o turista o passeio de barco, a visita a aldeia Kaigangui, trilhas maravilhosas dentro do Bosque Sagrado. São várias alternativas e muitos hotéis”, disse Edner. 

Dentre os serviços oferecidos pelo balneário estão atividades que vão desde a simples ingestão de águas minerais até serviços de hidromassagem, ducha escocesa, chocolaterapia, lamaterapia, massagem, massagem com pedras quentes, argiloterapia, banhos de piscinas (adulto e infantil) com água mineral aquecida. 

Atualmente, as lideranças políticas buscam também investir na descentralização do turismo buscando investidores da iniciativa privada. “Estamos em busca de empresários, traga a sua proposta que vamos sentar com o prefeito e a câmara de vereadores para avaliar. Tirar um pouco do governo e fomentar a iniciativa privada”.

O presidente da União de Vereadores do Brasil (UVB), Gilson Conzatti, enfatizou a importância cultural da cidade diante o Estado do Rio Grande do Sul.

“Temos uma região diferenciada aqui. Ontem, apresentamos ao ufólogo Urandir Fernandes [presidente da Dákila Pesquisas] as piscinas no balneário Oswaldo Cruz, as minas de pedra ametista, local em que há uma vinícola e, também, cervejaria. E, hoje, vamos conhecer a cultura indígena porque o nome da cidade Iraí, significa ‘Água do Mel’, cuja origem vem da aldeia Kaingang, ou seja, tem toda uma cultura, uma tradição do município”.

Uma pequena tour que na opinião do próprio ufólogo já deu uma ideia da relevância multicultural de Iraí. “Conseguimos observar aqui e conhecer, uma energia fantástica. As pedras ametistas uma energia muito forte. Isso acrescenta muito em nosso roteiro enquanto pesquisadores”.NoroesteOnline.com

Matéria publicacada em 19/08/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.