»Geral - Panambi News

Granizo danifica casas no município de Caibaté, na Região das Missões

Cidade foi atingida durante a madrugada desta terça-feira

A chuva foi intensa na madrugada desta terça-feira (17) na maioria das regiões do Rio Grande do Sul e resultou em inúmeros relatos de queda de granizo. No município de Caibaté, na Região das Missões, a maior intensidade aconteceu por volta das 2h30min.

Segundo a Defesa Civil, foram cerca de 10 minutos de chuva forte na cidade, momento em que foi registrada a queda de granizo. Apesar disso, os danos que ocorreram em residências da cidade são considerados leves. Cerca de 30 casas foram danificadas.

— Foram pedras de cerca de 4 milímetros que danificaram os telhados das residências. Imediatamente iniciamos atendimento — relata o coordenador da Defesa Civil na região das Missões, major Paulo Kunkel.

De acordo com relatos de ouvintes da Rádio Gaúcha, o local mais atingido foi nas proximidades do ginásio esportivo da cidade.

Conforme a Defesa Civil, também houve danos menos significativos em Mato Queimado, na região Noroeste, e em Santo Ângelo, nas Missões. O número de residências atingidas não foi informado.

Registro de granizo em 18 cidades

A reportagem de GaúchaZH fez um levantamento junto a todas as coordenadorias regionais da Defesa Civil, que atendem diferentes pontos do Estado. Em 18 municípios, houve registro de granizo. Na maioria dos casos, as pedras foram pequenas e não causaram estragos.

Segundo o balanço, o fenômeno foi registrado em Cachoeirinha, Esteio, Glorinha, Dois Irmãos, Torres, Passo Fundo, Erechim, Júlio de Castilhos, Tupanciretã, Arroio do Tigre, Candelária, Salto do Jacuí, Caibaté, Mato Queimado, Santo Ângelo, Santa Cruz do Sul, André da Rocha e Harmonia.

A chuva ainda causou transtornos na Capital, onde o aeroporto Salgado Filho teve as operações suspensas durante a madrugada. Por-GaúchaZH

Matéria publicacada em 17/09/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.