»Geral - Panambi News

Morte da Enfermeira Camila Centenaro pode ter sido homicídio

A morte de Camila Centenaro, de 31 anos, foi registrada em boletim de ocorrência como homicídio. A informação foi confirmada pela delegada Cristiane Van Riel dos Santos, que investiga o caso. No entanto, conforme a Polícia Civil (PC), são aguardados laudos do Instituto Geral de Perícias (IGP) para apurar as causas do óbito.

– Estamos aguardando o laudo de necropsia para verificar o que foi que aconteceu. Não posso descartar as hipóteses de acidente e homicídio enquanto não vier o laudo para esclarecer o fato. Inicialmente registramos como homicídio, mas só depois das diligências que saberemos o que ocorreu – revelou Cristiane.

Camila foi localizada morta dentro de um veículo Fiat/Pálio, na linha Peretto, interior de Vista Alegre. Quando os bombeiros chegaram para atender a ocorrência, o automóvel estava incendiado. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a socorrer a mulher, que não resistiu aos ferimentos.

A vítima era enfermeira no Hospital Divina Providência (HDP), de Frederico Westphalen.

Por: Leonardo Carlini/Auto Uruguai

Matéria publicacada em 30/09/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.