»Geral - Panambi News

Soja: cuidado com a incidência das lagartas na soja

A cultura da soja está sujeita desde o início da semeadura até a colheita, ao ataque de pragas. O sojicultor deve ficar atento à presença desses insetos na lavoura, juntamente com a equipe agronômica, identificá-los para adotar as técnicas de manejo mais adequadas.

Para o responsável técnico da Strobel Sementes, Thiago Strobel, o monitoramento e reconhecimento das principais pragas, associado às ferramentas disponíveis para manejo integrado de insetos são aspectos fundamentais para a proteção da lavoura.

Ele alerta para incidência especificamente até o momento da Safra 2019/2020, da broca das axilas (Epinotia aporema), pois já foram identificadas nos campos da sementeira, localizada na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. Segundo Thiago, sua coloração é branco esverdeada com a cabeça preta, e nos últimos ínstares, fica bege-amarelada com a cabeça marrom. “Elas entram pelas axilas, e formam um cartucho com o trifólio da planta. Com o tempo, se movimentam para o caule, bloqueando o fluxo de seiva para as folhas, comprometendo o desenvolvimento da planta. Devido às galerias formadas no caule, o ataque das lagartas pode causar a perda de plantas na lavoura, principalmente em situações de chuva ou ventos fortes”, salienta.

Porém, de acordo com o responsável técnico, também é preciso se atentar para Helicoverpa que tem surpreendido produtores e pesquisadores nas últimas safras pelo grande poder de destruição, causando prejuízos. Esta espécie tem pelos brancos na parte frontal e pintas na superior. A tonalidade pode variar entre amarela, verde, verde escura e preta. “Ela se alimenta de botões florais, frutos, maçãs e espigas, causando deformações, podridões e quedas”.

Dicas de manejo:acompanhamento da área; avaliação de dano econômico; busca de orientações agronômicas; busca do produto mais adequado; intervenção da área.

Marra Comunicação

Matéria publicacada em 02/12/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.