»Geral - Panambi News

Foi rejeitado o projeto de LEI do vereador Gustavo Cavalheiro que buscava criar em Panambi do dia da liberdade de impostos

Com sete (07) votos contra, vereadores rejeitaram na ultima segunda feira (16) no Plenário da Câmara Municipal o Projeto de Lei Legislativo de nº 023/2019, protocolo 1127, que tinha como objetivo instituir no município de Panambi o “Dia da Liberdade de Impostos”. O Vereador Gustavo visava com esta matéria de promover debates acerca da cobrança de impostos e conscientizar a comunidade do custo de bens e serviços pagos pelos cidadãos. Em muitos Municípios do Brasil esta data já existe, e nesse dia são desenvolvidas, por entidades, empresários e comerciantes atividades de conscientização e busca de alternativas e soluções para que os recursos arrecadados sejam realmente transformados em benefícios para população. O objetivo não é depreciar o pagamento de impostos, mas termos a convicção de que nem sempre aumentar impostos aumenta a arrecadação, pois, com o aumento de impostos, cai o volume de venda, além de aumentar a sonegação, e inadimplência e considerando também que o Brasil já é um dos países com mais carga tributária do mundo. Os brasileiros não conseguem perceber uma retribuição na prestação dos mais variados serviços públicos, e nosso Município esta caminhando na mesma direção, pois a comunidade esta ansiosa na busca de retorno com atendimentos e serviços públicos de qualidade e eficientes, pelos quais ela pagou em forma de tributos, visto que as grandes aquisições e obras que estão sendo divulgadas e “planejadas” em Panambi são frutos de recursos oriundo de financiamentos bancários, contratados pela municipalidade, “disse o Vereador Gustavo Cavalheiro, em pronunciamento”.A carga tributária causa impacto na vida de todos os brasileiros e, Panambi faz parte deste contexto. Como representantes do povo precisamos contribuir na busca de alternativas e tomada de decisões. Assim, a criação do “Dia da Liberdade de Impostos” seria uma forma de conscientização. Um Dia onde a comunidade poderia demonstrar toda a insatisfação principalmente quanto o destino e o peso da carga de impostos sobre a sua renda. “O Projeto de Lei visava estabelecer em Panambi um ato pacífico, com a participação de todos segmentos da comunidade, e foco na orientação, com informações claras e corretas voltadas na busca de alternativas para o crítico momento que enfrentamos com a carga tributária e, como contrapartida, serviços públicos ineficientes, governo se endividado e dinheiro público desperdiçado”, votaram pela aprovação os Vereadores - Ibrain Chagas, Leandro Almeida, Paulo Sérgio Rodrigues, Clarice Morche de Oliveira e Gustavo Cavalheiro “infelizmente a matéria foi rejeitada “ concluiu Gustavo Cavalheiro”. por-assessoria do vereador

Matéria publicacada em 22/12/2019
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.