»Geral - Panambi News

Identificado um dos assaltantes mortos pela Brigada Militar em Estrela

Homem tem antecedentes por roubo, inclusive com reféns

Testemunhas e vizinhos identificaram um dos três homens mortos pela Brigada Militar em confronto em Estrela, Vale do Taquari, na madrugada desta terça-feira (4). Conforme depoimentos colhidos pela Polícia Civil, ele se chama Maicol Pfeifenberg, 25 anos, que tem antecedentes por assaltos.A última vez em que Maicol esteve preso foi em abril de 2018. Ele e outros três homens - inclusive um irmão dele - foram capturados pela BM após praticarem uma série de assaltos em Lajeado, nas proximidades do campus da Univates. Conforme testemunhos das vítimas, eles praticavam os roubos torturando as pessoas com uma lanterna de choque. É um equipamento taser, que dispara descargas elétricas e paralisa o alvo. No caso, quem é vítima do roubo.

Pfeifenberg foi morto por volta da 1h, num confronto com policiais militares, que também resultou na morte de outros dois homens, ainda não identificados. Os três foram abordados pelos PMs em Linha São Jacó (distrito de Estrela) e fugiram para dentro de uma residência, de onde teriam disparado tiros contra os brigadianos. Nenhum policial ficou ferido na ação.

Os PMs informam ter apreendido com os mortos uma pistola e um revólver, além de munição e drogas.

Os policiais estavam atrás da quadrilha após receberem informação de que o bando iria assaltar uma agência bancária em Serafina Corrêa. Outros dois criminosos foram presos ao amanhecer, quando se preparavam para tentar resgatar remanescentes da quadrilha que tinham se escondido na mata. Um terceiro grupo de suspeitos chegou a ser detido, mas foi liberado.

A suspeita inicial da Polícia Civil é de que os bandidos fossem da Região Metropolitana, mas isso não se confirmou. A identificação de Pfeifenberg e dos outros dois suspeitos presos pela manhã indica que os criminosos são mesmo do Vale do Taquari. GaúchaZH

Matéria publicacada em 04/02/2020
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.