»Geral - Panambi News

Como a incidência de nematóides de galha afetou a produtividade da soja?

No Brasil, os nematóides mais prejudiciais à cultura têm sido os formadores de galhas (Meloidogyne spp.), o de cisto (Heterodera glycines), o das lesões radiculares (Pratylenchus brachyurus) e o reniforme (Rotylenculus reniformis). Entre os nematóides de galhas, Meloidogyne incognita e M. javanica são as espécies mais importantes para a cultura da soja no Brasil.

De acordo, o com responsável técnico da Strobel Sementes e mestre em produção de sementes, Thiago Strobel, nas lavouras de soja atacadas por nematóides de galhas, geralmente, observam-se manchas em reboleiras, onde as plantas ficam pequenas e amareladas. Ele ainda salienta que na última safra de soja, a incidência foi mais expressiva no Rio Grande do Sul, pelo longo período de estiagem, sendo um clima favorável para a incidência dos nematóides.

Entenda o problema

Segundo ele, pode não ocorrer redução no tamanho das plantas, mas, por ocasião do florescimento, nota-se intenso abortamento de vagens e amadurecimento prematuro das plantas. Em anos em que acontecem “veranicos” na fase de enchimento de grãos, os danos tendem a ser maiores. Nas raízes das plantas atacadas observam-se galhas em número e tamanho variados, dependendo da suscetibilidade da cultivar e da densidade populacional do nematóide no solo.

Controle

Todas as medidas de controle devem ser executadas antes da semeadura. Ao constatar que uma lavoura de soja está atacada, o produtor nada poderá fazer naquela safra. “Nesse caso, todas as observações e cuidados deverão estar voltados para os próximos cultivos na área, por isso a importância da escolha por cultivares de soja resistentes para ter um melhor resultado de produtividade”, explica Thiago

Prevenção

O responsável técnico, salienta que podem ser utilizadas, de modo integrado, várias estratégias. Entretanto, as mais eficientes são a rotação/sucessão com culturas não ou más hospedeiras, como por exemplo milho resistente. “A rotação de culturas deve ser bem planejada, uma vez que a maioria das espécies cultivadas multiplica os nematóides de galhas. O cultivo prévio de espécies hospedeiras aumenta os danos na soja semeada na sequência. Da mesma forma, a presença de plantas daninhas na área também possibilita a reprodução e a sobrevivência do parasita”.

Outra estratégia fundamental é a utilização de cultivares de soja resistentes aos nematóides. “Essa estratégia é fundamental para a segurança da lavoura, uma vez que nesta situação de nematóides é fundamental trabalhar no preventivo”, explica.

Thiago ainda orienta que, a escolha da rotação deve se basear também na viabilidade técnica e econômica da cultura na região, sendo bastante variável de um local para outro. Para recuperação da matéria orgânica e da atividade microbiana do solo e possibilitar o crescimento da população de inimigos naturais do nematóide, também é importante incluir, na rotação/sucessão, adubos verdes resistentes.

Matéria publicacada em 12/05/2020
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.