»Geral - Panambi News

Panambiense recebe Certificação de Mestre Cuteleiro

Marco Borchardt foi certificado como Mestre Cuteleiro pela AGC Associação Gaúcha de Cutelaria.

No dia 8 de julho, em Porto Alegre, Marco submeteu uma faca ao teste de performance, e outras três para avaliação técnica funcional e estética.

Faca de teste, estilo gaúcha em torno de 10” de lâmina forjada em aço damasco com aproximadamente 300 camadas.

Facas de avaliação, as três facas de avaliação, devem ser em aço damasco, todas com elevado nível técnico de construção e acabamento.

A certificação tem como objetivo, atestar a capacidade técnica dos Cuteleiros, pois é muito elevado o nível de conhecimento técnico, para que obtenha êxito em todas as etapas.

No teste de performance o Cuteleiro tem que submeter a faca, a testes de corte, começando pela madeira, onde deve cortar dois caibros de 5×10cm, para comprovar resistência de fio, na sequência cortar uma corda de sisal de uma polegada, o corte deve ser preciso pois a corda fica pendurada e livre, em seguida o Cuteleiro deve perfurar e cortar tres tiras uma sola de couro de 5mm de espessura, após todo lá estes testes, cortar papel do gavião a ponta, sem serrilhamento.

Feito os testes de corte, o Cuteleiro deve prender a faca em uma morça ao meio da extensão da lâmina, e com o auxílio de um tubo fazer a dobra da lâmina em 90°, este é o teste extremo da faca, pois ela não pode quebrar.

Em todos os testes Marco Borchardt passou com maestria, sem dificuldades, e na sequência passando pela avaliação das outras três facas, na qual também passou.

Bem como os outros quatro Cuteleiros que fizeram o teste para a certificação.

Esta é a primeira certificação dá AGC, até o presente momento pioneiros no Brasil é América do Sul.

Matéria publicacada em 11/07/2017
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.