»Geral - Panambi News

2ª CIA da Brigada Militar de Panambi faz homenagem ao dia do Policial Militar tombado

08 DE AGOSTO – HOMENAGEM AO DIA DO POLICIAL MILITAR TOMBADO EM CUMPRIMENTO DO DEVER

O dia 08 de agosto foi instituído pelo Comando da Brigada Militar por meio da Portaria 643.A/EMBM/2016, como forma de lembrar a toda comunidade gaucha o valor, a conduta irrepreensível, a valentia, o desprendimento e o compromisso dos integrantes da Brigada Militar que tiveram suas vidas interrompidas, pois tombaram durante o cumprimento do seu dever.

A data foi escolhida em lembrança a morte do extinto Cabo Valdeci de Abreu Lopes, que tombou em serviço durante manifestações ocorridas no Centro de Porto Alegre, no ano de 1990.

Diuturnamente os Policiais Militares vestem suas fardas e com seus equipamentos saem às ruas com elevada coragem, destemor e abnegação para cumprir com sua missão de bem proteger o cidadão e a sociedade. Exercem uma atividade extremamente complexa e perigosa, mas estão sempre prontos para cumprir com o seu dever, honrando o seu juramento de garantir a ordem pública e a segurança da comunidade, mesmo com o risco de suas próprias vidas.

Valorizar e reconhecer esses profissionais, muitos deles chefes de família, é dever de todos nós. São lacunas que não se preenchem, mas que o reconhecimento do Estado ajuda a minimizar o sofrimento dos familiares. Foram homens e mulheres bravos e valorosos, que com abnegação e destemor não se recusaram e nem se afastaram de cumprir com sua obrigação, tendo suas vidas ceifadas para defender os cidadãos de bem contra a criminalidade.

Sabemos que nosso ente querido é o nosso maior bem e que nenhuma homenagem nos reconforta, mas, ao menos, resta o consolo de vermos a materialização do reconhecimento público de sua dedicação e empenho durante a vida. Esta solenidade é um resgate da história de cada um desses policiais militares, que enfrentaram o perigo na luta contra a violência, deixando seus lares sem a certeza do retorno.

E para nossa Corporação é missão reverenciar eternamente a memória daqueles que tombaram no cumprimento do dever, daqueles que doaram seu bem mais precioso, perdendo a vida na defesa de outras vidas.

Assim, convido-os a refletir sobre o valor do trabalho e das ações pessoais desses homens e mulheres que, diariamente, dão de si o melhor, muitas vezes exercendo além do limite das funções policiais, momento que surge a figura do defensor da comunidade, encarnado no policial. Por isso, os considero heróis do cotidiano, por enfrentarem os mais variados desvios de comportamento social.

Por essa razão, sinto um grande orgulho em comandar uma instituição cujos integrantes se dedicam à segurança da comunidade, mesmo com o risco da própria vida, pois este é o juramento de sangue que nos torna uma categoria diferenciada e especial de militares estaduais, na árdua rotina de servir e proteger a sociedade.

Neste momento solene prestamos nossa homenagem aos familiares e amigos desses profissionais que morreram, fardados ou não, pois o policial militar nunca está integralmente de folga, os quais tiveram seus sonhos interrompidos pelo ofício que escolheram exercer, honraram a farda e cumpriram o seu dever. Que o senhor Deus continue suprindo a ausência de pessoas tão importantes e que, pela sua dedicação integral, acabaram tornando-se mártires.

Por fim, como forma de materializar esta homenagem, após realizar a leitura nominal dos Militares Estaduais que reconhecidamente tombaram no cumprimento do dever, nos últimos doze meses, convido a todos os presentes a permanecerem um minuto em silêncio.

- 3º Sgt João Marcelo Borges Desiderio;

- 3º Sgt Renato Luiz Laureano da Cunha;

- Sd Bento Junior Teixeira Borges;

- Sd Jeferson Rosolen.

Matéria publicacada em 09/08/2017
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.