»Geral - Panambi News

Prefeitos e capitão Moura (da BM) debatem segurança pública

Os prefeitos Daniel Hinnah (Panambi), Mario Utzig Filho (Santa Bárbara do Sul) e Valmir Land (Condor), participaram no último sábado (12), do programa “Questão de Opinião”, da Rádio Sorriso FM, junto com o capitão Augusto Albuquerque Moura, comandante da 2ª Companhia PM (que abrange os municípios citados), para debater o tema segurança pública.

A falta de efetivo, que afeta praticamente todos os municípios do estado, foi uma das tônicas do programa.

O programa iniciou com um trecho da entrevista com o secretário estadual de Segurança Pública, Cezar Schirmer, na qual ele afirma que um curso de formação de soldados da BM, reivindicado por municípios da região, somente poderá ser implantado em janeiro do próximo ano.

Em relação ao curso recentemente concluído, o prefeito Daniel Hinnah revelou que a Prefeitura de Panambi enviou, ao Comando da BM, um ofício com os nomes dos novos soldados que têm interesse em vir para a região e Panambi. “Utilizamos dos nossos contatos diretos e dos contatos políticos que estão nos ajudando, porque o novo concurso será apenas para o ano que vem”, lembrou Daniel, acrescentando que os municípios estão “juntando forças” na questão essencial da segurança pública.

O desarmamento que não funciona - Para o prefeito Valmir Land, o problema começa pela legislação, “já que a maioria dos criminosos presos pela BM são reincidentes”.

Mario Filho sustenta que “o Congresso, há muito tempo, não representa mais o povo brasileiro, quero ver onde estão as estabilidades econômicas e os avanços, com a segurança e os soldados sendo retirados, e o País tem crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,5%, enquanto que o Paraguai tem 27%”, lembrando que no Brasil o índice de homicídios é imensamente maior do que em outros países, inclusive aqueles que têm legislações bem menos severas no que diz respeito à posse e porte de armas de fogo. “As regras de convivência precisam mudar, agora, tenho o meu direito de defender a minha vida e a da minha família”.

Legislação falha - Segundo o capitão Moura, “o que temos na nossa legislação é uma inversão de valores; o tráfico de drogas é sustentado pelos usuários, é a demanda que sustenta a oferta, e hoje em dia a tendência de nossa legislação é liberar, cada vez mais, o consumo em espaço público, e o cidadão que é pego usando a droga, ele não sofre uma pena privativa de liberdade, o máximo que conseguimos fazer é levá-lo para a Delegacia, para sua identificação, é apreendido o entorpecente, para posterior investigação, para ver se conseguimos identificar o traficante: as pessoas que consomem drogas sustentam todo o crime organizado, o sangue de todas as vítimas que morrem em um latrocínio, em assaltos, passa pela mão de cada um desses usuários de Panambi”.

Para o prefeito Mario Filho, “é só fazer o óbvio: parem de inventar, aqui é burocracia em cima de burocracia”.

O prefeito de Condor, Valmir Land, segue a linha de pensamento: “temos que ter uma reformu-lação na legislação. Também sou favorável à liberação do armamento, com normas, compromissos e obrigações. A comunidade tem que diferençar os bons e os maus políticos, e antes que seja feita a reforma da Previdência, tem que se cortar na carne, cortar as regalias que existem no Congresso Nacional, no Judiciário e no Executivo”.

Comprometimento do cidadão - Para Mario Filho, “você que se acha do bem, faça sua parte do bem, respeite a polícia, ajude as instituições, não jogue papel no chão, seja contra as drogas, não beba quando você vai dirigir, faça sua parte, tenha atitude, que é dessa forma que a gente vai mudar”.

Segundo o capitão Moura, “foram mais de 300 quilos de drogas apreendidas na área da 2ª Companhia. Nós não valorizamos nossos policiais militares. Já passou o tempo em que as pessoas furtavam por fome ou desemprego. Hoje em dia, o crime organizado é uma profissão, fazem do crime um meio de vida, e esta é a realidade que a BM está enfrentando. Precisamos do comprometimento da comunidade, é informar a Brigada Militar onde estão os problemas e, com isso, vamos conseguir, sim, ter resultados efetivos, e é o que vem acontecendo em Panambi, esta união entre a comunidade e a BM, e a resposta veio na Consulta Popular”.

O programa teve á frente o radialista Eloir Pereira, com apoio do jornalista Hugo Schmidt, e grande participação do ouvinte Sorriso. Folha das Máquinas

Matéria publicacada em 15/08/2017
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.