»Geral - Panambi News

Professores estaduais em Panambi aderem greve parcial do magistério

No último dia 31, os servidores estaduais gaúchos receberam a primeira parcela do salário de agosto, de R$ 350. "Não precisamos de esmolas, somos profissionais e exigimos respeito. Nossa categoria está com suas contas atrasadas, pagando juros absurdos ao banco e adoecendo devido à incompetência deste governo", afirmou a presidente do Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul (CPERS Sindicato), Helenir Aguiar Schürer.

A Secretaria Estadual da Educação (Seduc) informou que, por enquanto, não vai se manifestar sobre a greve por entender que o parcelamento de salários é assunto que foge da competência da pasta.

Em Panambi, as escolas estaduais estão com atividades parciais e indefinições em relação à adesão à greve. Exceto a escola Adolfo Kepler, no bairro Piratini, que não vai aderir a paralisação. As escolas Poncho Verde, Pindorama, Paulo Freire, José de Anchieta e Hermann Faulhaber paralisaram algumas turmas, por isso, os alunos devem buscar informações sobre os turnos que estarão em greve. Uma reunião do CPERS de Panambi está sendo marcada para esta quarta-feira. A categoria também vai aguardar a 36ª CRE para definir ampliação da greve e se os professores vão ou não aderir a uma greve total. Manifestações também estão sendo marcadas em lugar ainda a ser divulgado.

Em Condor a adesão também é parcial, não descartando uma paralisação geral.

Matéria publicacada em 05/09/2017
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.