»Geral - Panambi News

Setor de Saúde do IFFar – Campus Panambi, com o Hemocentro promoverá a campanha “Doe sangue, doe vida’

Com o intuito de mobilizar a comunidade de Panambi e região para a doação de sangue e também para ampliar o número de doadores na região, o Setor de Saúde do IFFar – Campus Panambi, em parceria com o Hemocentro de Cruz Alta promoverá a campanha “Doe sangue, doe vida’.

A ação será realizada na segunda-feira, dia 25 de setembro, nas dependências do IFFar.

“Uma das prioridades do Ministério da Saúde é manter os estoques de sangue abastecidos. Uma doação pode beneficiar até quatro pessoas”, destacou o ministro, nesta quarta-feira, durante sua participação no evento. “Faremos uma ampla campanha para estimular a doação de sangue. O objetivo é mobilizar a sociedade e ampliar o número de doadores no Brasil”, acrescentou Ricardo Barros.

Encaminho em anexo, o material com as orientações para doação de sangue que o HEMOCENTRO de Cruz Alta nos enviou.

As campanha será dia 25 de setembro de 2017, das 14 às 22 horas, sendo que o cadastro para os doadores ocorrerão até às 20 horas.

Nos sugeriram divulgar em jornais, rádio, face, grupos de whats e o máximo que pudermos.

No HEMOCENTRO a nossa referência é a Enfermeira Nícia, telefone 55 3326-3168 ou 99664-1984, caso precise tirar alguma dúvida.

Os menores de 16 anos devem levar uma autorização preenchida pelos pais ou responsáveis (em anexo),

sendo necessário o xeros da identidade de quem autorizou o menor, caso este não esteja o acompanhando.

O menor de 16 anos pode doar apresentando a autorização devidamente preenchida e acompanhado por um

responsavel.

CONDIÇÕES PARA DOAR - No Brasil, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para os menores de 18 anos é necessário o consentimento dos responsáveis e, entre 60 e 69 anos, a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos. Além disso, é preciso pesar, no mínimo, 50 quilos e estar em bom estado de saúde. O candidato deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum. No dia, é imprescindível levar documento de identidade com foto.

A frequência máxima é de quatro doações anuais para o homem e de três doações anuais para a mulher. O intervalo mínimo deve ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

A doação é 100% voluntária e beneficia qualquer pessoa, independente de parentesco com o doador. É importante lembrar que o sangue é essencial para os atendimentos de urgência, realização de cirurgias de grande porte e tratamento de pessoas com doenças crônicas, como a Doença Falciforme e a Talassemia, além de doenças oncológicas variadas que, frequentemente, necessitam de transfusão.

 

Matéria publicacada em 19/09/2017
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.