»Geral - Panambi News

Panambi mais uma vez sofre com temporal que atingiu mais de uma centenas de casas e prédios

Situação mais grave ocorreu no prédio da Cruz Azul, que abriga internos em recuperação, e teve a cobertura de todo o alojamento de repouso arrancada.

O temporal deste domingo em Panambi veio com grande intensidade, trazendo rajadas de ventos e na sequência, um rastro de destruição. A parte mais atingida foi a região norte da cidade. No bairro Agrovila, quatro postes foram comprometidos, com ameaça de cair em cima de residências próximas, que também tiveram seus telhados arrancados. Situação mais grave ocorreu no prédio da Cruz Azul, que abriga internos em recuperação, e teve a cobertura de todo o alojamento de repouso arrancada. 

Na zona norte, inúmeras residências tiveram prejuízos de grande monta, seguido pelo bairro Fritch. A Escola Muncipal Conrado Doeth teve uma grande árvore arrancada e o forte vento levantou parte da cobertura da escola, deixando salas de aulas e laboratório de informática inundados pela chuva. Salas de aulas também tiveram danos. Um poste de sustentação de uma cobertura foi arrancado e jogado a mais de 20 metros da área coberta.

No bairro Alvorada, dezenas de casas foram descobertas e cabos de energia rompidos pela força do vento. No bairro Becker, Jaciandi, Fensterseifer, Morro do Grosse, Zona Norte, Italiana e Bela Vista tiveram registros de casas destelhadas. Os bombeiros tiveram trabalho para atender a população atingida pelo temporal. O estoque de lonas terminou logo, devido a demanda de atingidos pelo temporal. A prefeitura montou uma central de doação de lonas na entrada do parque de máquinas, mas a demanda era grande. Os bombeiros atenderam mais de 200 ligações em decorrência do temporal.

Uma equipe que estava de folga liderada, pelo sargento Costa, Rogério e Jardim também prestaram apoio, montando outra equipe para prestar apoio.

Também foram registradas quedas de árvores nas BRs 285 e 158, trajeto próximo a bica d'água, que chegou a ficar trancado em virtude de uma grande árvore que caiu. Na rua da Palmeira, duas árvores caíram e interditaram o acesso.

Bairros como Alto Paraiso, Pavão, Vila Nova, Piratini, Klasener 1 e 2, Arco Íris, Jardim Paraguai, Armindo João e Medianeira também tiveram registros de destelhamentos em residências.

O Pronto Socorro de Panambi, até o final da tarde, teria registrado várias pessoas feridas em decorrência do temporal, quando tentavam realizar o concerto das casas. A Brigada Militar com seu efetivo também trabalhou em auxílio aos chamados. A Hidropan chamou todo seu efetivo para trabalhar e registrou vários pontos em Panambi e Condor que estariam sem energia devido a problemas em decorrência ao temporal.

Na região Noroeste várias cidades foram atingidas pelo temporal, e em alguns lugares, foram registradas até granizo. Uma feira que estava sendo realizada em Cruz Alta foi interrompida pela força do vento.

A Secretaria de Habitação de Panambi junto com o setor de Obras está ainda avaliando todos os estragos causados pelo temporal. Nesta segunda-feira haverá uma manifestação por parte das secretarias envolvidas.

Matéria publicacada em 02/10/2017
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.