»Geral - Panambi News

Operação Três Capões combate rinhadeiro no interior de Palmeira

No último sábado, dia 07 de outubro de 2017, foi desencadeada em Palmeira das Missões, a “Operação Três Capões”, atuando em conjunto o Ministério Público, 39º BPM, Polícia Civil e Comando Ambiental da BM.

Tal Operação iniciou a partir de uma denúncia anônima efetuada na Polícia Civil, segundo a qual haveria um evento no interior de Palmeira das Missões, na localidade de Três Capões, em comemoração ao aniversário de um edil do município, o qual também estaria agindo na organização. Esse evento seria uma grandiosa rinha de galos, na propriedade de um tio do vereador, iniciando na sexta-feira à noite, com encerramento previsto para domingo à tarde.

Após pedido de apoio de parte do Ministério Público local e após planejamento das ações, reuniram-se na sede do Ministério Público de Palmeira das Missões, às 12h45min, 19 (dezenove) PM componentes do 39º BPM, 14 (quatorze) PM componentes dos Grupos Ambientais de Frederico Westphalen, Nonoai, Carazinho, Passo Fundo e Erechim e 14 (quatorze) Policiais Civis das DP de Palmeira das Missões, Panambi e Palmitinho.

Por volta de 15h00min, as equipes deslocaram à propriedade de Élio Stefani, onde facilmente foi identificado o local do rinhadeiro, tendo sido presas 146 (cento e quarenta e seis) pessoas. Dessas, 54 (cinquenta e quatro) pessoas foram autuadas por Maus Tratos, sendo apreendido com elas aproximadamente R$ 100.000,00 (cem mil reais). Outras 89 (oitenta e nove) pessoas foram autuadas pelo mesmo delito, mas sem apreensão de valores. Outras 02 (duas) pessoas foram autuadas por posse ilegal de substância entorpecente e 01 (uma) foi autuada pelo crime de Corrupção de Menores.

Com exceção do autor do crime de Corrupção de Menores, todos os demais autuados assumiram o compromisso de comparecer perante o JECRim de Palmeira das Missões e foram liberadas no local, após a lavratura do Termo Circunstanciado.

Os animais foram encaminhados para o quartel do 39º BPM onde permanecem sob cuidados do médico veterinário da Prefeitura Municipal (com sua equipe), até que haja uma decisão judicial sob seu destino, estando separados em caixas plásticas individuais e alimentados com água e ração 02 (duas) vezes ao dia.

No local no rinhadeiro encontrava-se, realmente, um edil do município de Palmeira das Missões, o qual assumiu ser o organizador; assim como 01 (um) PM da Reserva do Estado de Santa Catarina e 02 (dois) PM da Reserva do Estado do Rio Grande do Sul.

Em um dos galpões foi encontrada a carcaça de um bovino abatido para fins de alimentar os participantes; todavia foi apreendida pela Vigilância Sanitária face o estado de falta de higiene do local, onde havias cães e porcos alimentando-se da parte inferior da carne.

Por fim, 04 (quatro) mulheres de Balneário Camboriú, SC, suspeitas de estarem praticando prostituição com os participantes do evento, foram identificadas. Com elas foram encontrados os invólucros com o entorpecente e mais a quantia de R$ 14.000,00.

Os resultados gerais foram os que seguem:

- 143 (cento e quarenta e três) pessoas presas pelo delito de Maus Tratos;

- 02 (duas) pessoas presas por posse de substância entorpecente;

- 01 (uma) pessoa presa por corrupção de menores;

- Aproximadamente R$ 100.000,00 (cem mil reais) apreendidos;

- 88 (oitenta e oito) galos de rinha apreendidos;

- 05 (cinco) galinhas de reprodução apreendidas;

- 02 (dois) invólucros com substância semelhante a maconha;

- 01 (uma) espingarda calibre 20;

- 02 (duas) facas de 30 cm de lâmina;

- 02 (duas) caixas com pulseiras identificadoras da “arena três capões”, com as respectivas notas fiscais em nome de profissional da OAB;

- 01 (uma) balança para pesar os animais;

- Camisetas e bonés personalizados;

- Inúmeros materiais e equipamentos utilizados para as brigas e para os animais, assim como substâncias químicas para serem injetadas nos mesmos, foram apreendidos;

Nesta manhã, às 11h00min, no auditório do Ministério Público, foi realizada uma coletiva com a imprensa, onde participaram o Promotor MARCELO RAUBERT, o Comandante do 39º BPM, Major ROMULO RICARDO SERAFINI, a Delegada de Polícia de Palmeira das Missões, Dra. CRISTIANE VAN RIEL SANTOS e a Comandante do 2º Grupamento Ambiental de Frederico Westphalen, Sd JULIANA CELITA LAHR.


ROMULO RICARDO SERAFINI

Maj QOEM – Cmt do 39º BPM

 

Matéria publicacada em 10/10/2017
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.