»Geral - Panambi News

O Conselho Municipal do Meio Ambiente de Panambi realiza visita técnica a Central de Triagem e Aterro Sanitário

Na tarde do dia 08 de novembro de 2017, o Conselho Municipal do Meio Ambiente de Panambi através de seu presidente Adair de Lima Rodrigues e demais conselheiros, realizaram visita técnica a Central de Triagem e Aterro Sanitário situado na Linha Rincão Frente Interior de Panambi. A visita atendo a demanda elencada anualmente nas reuniões do Conselho e foi acompanhada por funcionários da Central de Triagem e Aterro Sanitário.

Na oportunidade foi possível verificar o atual estado dos diferentes espaços de serviços da Central de Triagem e Aterro Sanitário.

Segundo informações dos funcionários, alem dos conselheiros do Conselho Municipal do Meio Ambiente de Panambi que anualmente realizam visita de vistoria ao local, escolas também fazem vistas ao local com objetivo de formar a consciência de preservação ambiental nas futuras gerações.

Constatou-se a preocupante quantidade de resíduos que chegam o aterro de forma “camuflada”, ou seja, o caminhões ou outros veículos acabam trazendo resíduos a como latas de tintas, de solventes ou outros materiais provenientes de construções, apesar de haver um controle de acesso onde somente veículos cadastrados tem acesso, muitas vezes matérias são colocados sob demais resíduos e acabam por ter acesso a central de triagem, destaca se que quando identificado o responsável pelo acesso este é responsabilizado pela remoção e destinação correta de resíduos.

Também foi verificado que muitos resíduos que vêm para central de triagem não conseguem ser separados tendo em vista a capacidade das esteiras e também a defasagem na equipe. No dia da visita haviam aproximadamente 12 funcionários trabalhando na esteira de reciclagem, quando o ideal seriam mais 25 pessoas.

O aterro sanitário conta com duas células, sendo que em visitas realizadas em anos anteriores foi apontado pelo Conselho Municipal do Meio Ambiente que a cada ano a situação estava se agravando no tange a lotação e compactação das células, no entanto um fator positivo que se constatou, desde a última visita de vistoria realizada ao final de 2016, é que as células de compactação dos resíduos tiveram uma sobre vida útil a partir de um trabalho bem realizado na compactação dos resíduos e redução significativa nos níveis de emissão de odores e gases para a atmosfera a partir da colocação de uma camada de terra em cima dos resíduos em decomposição.

Segundo Informações os resíduos reciclados são vendidos após a separação que é feita no local, sendo que quando atingem certa quantidade uma empresa que atua no ramo vem buscar estes resíduos reciclados em sua maioria papel, metal e plásticos, que após a pesagem é emitido um boleto bancário para pagamento aos cofres públicos dando uma maior transparência na venda dos resíduos.

Os conselheiros do Conselho Municipal do Meio Ambiente de Panambi estiveram no local para verificar a qualidade e andamento desta tão importante tarefa que é a triagem e separação dos resíduos e em contrapartida deixam algumas sugestões, entre estas destacam-se:

1) Necessidade de maior participação da população no que tange a coleta seletiva, pois muitos resíduos que poderiam ser separados e vendidos se perdem devido à falta de acondicionamento correto antes do recolhimento;

2) Implementação da logística reversa, onde o comprador devolve a empresa aonde comprou, ou seja, retornar à indústria as lâmpadas ou latas de tintas, pilhas, baterias, telhas de amianto, entre outros;

3) Os resíduos eletrônicos que atualmente são recebidos em algumas datas no Ginásio Municipal, devem contar com mais datas para coleta;

4) Campanhas de orientações para que a população entregue dentro da logística reversa os remédios vencidos nas farmácias onde os mesmos foram adquiridos;

5) Preconizamos pelas ações em prol do Meio Ambiente, neste sentido apontamos que há necessidade de melhorias na forma de recolhimento dos resíduos na área urbana com a implementação de sistema de coleta seletiva através de containeres;

6) Outras providências devem ser tomadas imediatas, para melhorias nos diversos espaços onde há atuação das frentes de trabalho, nas questões de segurança, para evitar acidentes de trabalho e conseqüente afastamento de servidores. Que sejam implementadas sistemas mecanizados para rompimento de embalagens onde estão acondicionadas os resíduos que chegam a usina;

7) Por fim reiteramos a importância de a população fazer a sua parte e separar os resíduos e observar o Calendário da Coleta Seletiva.

Resíduos é um assunto que diz respeito a toda a população.

O Poder Público precisa fazer a sua parte, mas cada um de nós deve colaborar para que o meio ambiente seja menos impactado pelos descartes de resíduos.

Matéria publicacada em 11/11/2017
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.