»Geral - Panambi News

Carta Aberta da Frota da Saúde aos Vereadores e à População de Panambi

Em detrimento a matéria publicada no site Panambi News em 25/11/2017 a respeito de solicitação por maior controle de pacientes, realizada pelo vereador Gustavo Cavalheiro em que é afirmado que existem inúmeras queixas de pacientes que são levados para tratamentos em municípios da região, falta de controle por parte desta frota, esquecimento de passageiros, assim como é afirmado que os mesmos são deixados para trás, viemos por meio desta, prestar os esclarecimentos necessários ao solicitante e à população.

Ocorre que na data de 13/11/2017 um paciente embarcou no transporte da manhã para a cidade de Ijuí, acompanhado de sua filha para procedimento no CACON. Todos os motoristas são treinados a prestar informações a respeito de como será o retorno em cada viagem ao desembarcarem, e neste caso foi informado aos mesmos que se caso seu procedimento ultrapassasse o meio-dia, o transporte deveria retornar a Panambi por haverem mais pacientes em condição debilitada de saúde e que estavam prontos há mais tempo. A acompanhante do paciente entrou em contato com esta frota às 12 h 22 min (meio dia e vinte e dois) perguntando sobre o motorista. Esta foi informada que conforme ele a tinha avisado, se passasse do meio dia o transporte deveria retornar. Conhecendo a condição deste paciente e conforme a resposta dada pela acompanhante (filha), informaríamos que seria enviado um transporte exclusivo para buscá-los, mas esta desligou o telefone antes que pudéssemos deixar acertado seu retorno. O motorista que levou os pacientes da tarde (13 h) ainda os procurou e tentou contato, sem sucesso. Ligamos para a acompanhante no outro dia e esta informou que retornou de ônibus sem problema.

Informamos que a frota dispõe de transporte diário de pacientes do SUS que realizam procedimentos médicos em Ijuí, Cruz Alta, Passo Fundo e Porto Alegre, além de transportes esporádicos para Santo Ângelo, Santa Rosa, Giruá, Augusto Pestana, Tenente Portela entre outras. Transportamos diariamente uma faixa de 50 a 70 pessoas. Muitos são pacientes de quimioterapia, radioterapia e hemodiálise. Contamos com uma equipe de 12 motoristas e 3 pessoas na organização da frota. Temos planilhas de controle de passageiros com nome e telefone do paciente e/ou do acompanhante. Em muitos casos, conforme a debilidade do paciente o transporte o recolhe em sua residência podendo ser destinado carro de passeio, van ou ambulância.

Enfrentamos as mais diversas situações no cotidiano, como por exemplo, pacientes que agendam transporte, não comparecem ao embarque e não avisam, fazendo com que sobrem lugares que poderiam ser destinados a outros pacientes; pacientes que são contatados pelo motorista ou pela frota, seja aqui em Panambi, como na cidade de destino e não dão retorno, pacientes que se atrasam para o horário de embarque ou não aguardam no local previamente combinado, etc. Entendemos que cada paciente pode ter seus motivos que possam ocasionar desacertos em relação ao seu transporte, sabemos que eventualidades acontecem. Mas não podemos ser colocados em situação de descrédito perante a sociedade toda a vez que ocorrer algum evento do tipo.

Somos todos profissionais e pais de família. É com muita indignação, tristeza e repúdio que nós da organização da frota assim como todos os motoristas da saúde recebemos estas afirmações as quais remetem irresponsabilidade e incompetência da nossa parte sem ao menos sermos indagados, questionados ou acompanhados em nosso trabalho ainda mais quanto ao caso citado. A postagem foi feita, e em consequência estamos sofrendo pré-julgamentos por parte da população. Não negamos que tenha ocorrido uma eventualidade no transporte de um paciente. Mas temos a ciência da importância e da gravidade que exige o transporte da saúde e nunca, desde que assumiu a nova administração deixamos ninguém para trás de forma proposital ou por desorganização.

Nunca fomos procurados por nenhum vereador da oposição para que pudéssemos prestar esclarecimentos até a data da presente postagem. A divulgação da matéria com este teor coloca em risco a credibilidade do nosso trabalho perante a população juntamente com a administração. Prezamos pela responsabilidade, pelo bom atendimento e pela presteza e convidamos a todos os vereadores assim como a população em geral para que possam esclarecer dúvidas e acompanhar nosso trabalho.

Nenhum paciente transportado pelo setor de Transporte da Saúde foi esquecido ou abandonado em outro município. Porém, com declarações infundadas e manchetes sensacionalistas, todo o setor, e o serviço de todos os profissionais é colocado sob suspeita. Não admitimos esta forma irresponsável de agir, e nos colocamos à disposição para esclarecimentos. Pedimos ainda, que os meios de imprensa que veiculam tais notícias busquem os dois lados da notícia, possibilitando o direito de resposta.

Equipe de Frotas.

Motoristas da Saúde.


Matéria publicacada em 01/12/2017
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.