»Geral - Panambi News

Sessão especial da Câmara faz a entrega de mais 11 títulos de Cidadania Panambiense

Por Jornal Folha das Máquinas

A edição do Título de Cidadão Panambiense 2017 concedeu a honraria a 11 personalidades em ato solene realizado no dia 8 de dezembro, sexta-feira, a partir das 19 horas, na sala de reuniões da Câmara Municipal de Vereadores

Neste primeiro ano da legislatura eleita em 2016, a Câmara Municipal de Vereadores de Pa-nambi realizou a entrega dos títulos de Cidadão Pa-nambiense a 11 pessoas em ato especial e solene realizado a partir das 19 horas de sexta-feira, dia 8 de dezembro.

Com o cerimonial conduzido pelo assessor e ex-vereador André Dieter Klos, o evento foi dirigido pelo presidente do Legislativo, vereador Neudi José Colombo. A mesa de autoridades esteve composta, ainda, pelo prefeito municipal Daniel Hinnah, juiz de Direito e diretor do Forum Fabiano Zollet Bau e o promotor de Justiça Daniel Mattioni.

Entre as personalidades que receberam o título de Cidadania Panambiense edição 2017 estão representantes dos mais diversos setores da comunidade, todas elas homenageadas pelo trabalho relevante realizado nas suas funções, no volunta-riado e nas ações em benefício da coletividade.

Receberam o título de Cidadão Panambiense o atleta da modalidade voleibol Tiago Brendle que já se destacou na Seleção Brasileira (representado por um dos seus familiares); o empreendedor Dilceu Gonçalves de Lima, o agricultor e líder comunitário Fiorello Gabbi, o biólogo e médico veterinário Luiz Augusto Brandão Ractz, o policial militar e instrutor do Proerd Luiz Ivani dos Santos, o empreendedor e idealizador do Museu Militar Brasileiro Sefferson Steindorff, o executivo e desportista Aléssio Roque Hess, o executivo e rotariano João Luiz da Rosa Lima, a escrivã judicial Marlise Cristina Goi, o evangelista Ildo Beuter e o empreendedor Élton Felipe Klos.

A sala de reuniões do Legislativo Municipal ficou completamente lotada por familiares e amigos das pessoas distinguidas pelos vereadores. Cada um dos 13 edis titulares tem direito a apresentar um cidadão da comunidade, que não tenha nascido neste município, para receber a honraria.

Durante a solenidade dois momentos diferenciaram o costumeiro protocolo: a equipe de servidores da Câmara apresentou um vídeo gravado pelo atleta Tiago Brendle especialmente para o acontecimento, manifestando o seu agradecimento a Panambi, já que esteve impossibilitado de vir pessoalmente devido a compromissos profissionais.

Outro momento aconteceu durante a manifestação do agraciado Fiorello Gabbi, que tirou do bolso uma gaitinha de boca e tocou duas músicas.


Marlise Cristina Goi nasceu no dia 26 de agosto de 1971 em Ijúí. Casada com Luis Carlos Bottega, tem um filho: Diego Didoné Goi Bottega. Estudou em escolas públicas e cursou faculdade de Direito na Unijuí, cursando também pós-graduação em Direito Privado. Em julho de 2009 foi nomeada ao cargo de oficiala escrevente do TJRS, assumindo na Comarca de Porto Alegre, tendo atuado também na Comarca de Horizontina. Em novembro de 2011 veio para a Comarca de Panambi, assumindo seu ofício na 2ª Vara Judicial. Em 2014 foi designada escrivã judicial. Empenha-se muito no auxílio à Avocap, entidade assistencial que presta serviço de acolhimento para as crianças e adolescentes. Sempre procurou ser exemplo e motivação para todos que a cercam. O título de Cidadã Panambiense lhe foi entregue pelo vereador Ibraim Chagas.

 

Aléssio Roque Hess nasceu dia 26 de agosto de 1952 em Chapada. Casado com Marly Maria, tem três filhos: Michel Hess, Maiglon Hess e Marcelle Hess Souza. Chegou em Panambi pouco antes dos anos 70 para jogar futebol pelo campeonato amador, jogando contra o Grêmio Desportivo Panambi e Piratini. O sonho de morar em Panambi tornou realidade em janeiro de 1974, quando iniciou suas atividades profissionais na Kepler Weber. Em 18 de fevereiro de 1985 dava início a uma nova caminhada, que dura até hoje na Cotripal. Durante 15 anos foi diretor social e esportivo da Afucopal, atuando também como técnico da equipe masculina de futsal e conquistando vários títulos, entre eles o de bicam-peão estadual do Enescoop. Torcedor apaixonado do Sport Club Internacional, recebeu o título de Cidadão Panambiense do vereador Serchaple.

 

João Luiz da Rosa Lima nasceu dia 31 de dezembro de 1961 em Condor. Casado com Miriam Lima, tem uma filha, Janaína, graduada em Odontologia e que exerce a profissão nesta cidade. João Luiz iniciou sua vida laboral trabalhando em atividades da cerâmica, cortando argila para fabricação de tijolos e telhas. No ano de 1977 deixou o interior e veio morar na cidade, logo conseguindo trabalho no Supermercado Cotripal e posteriormente conquistou destacadas posições dentro da empresa, sendo também presidente da Afucopal. Integra o Rotary Club Panambi. Idealizou, liderou, organizou e apoiou desde o início a campanha “Doar Sangue é Salvar Vidas”. O homenageado tem conduta voluntariosa, disposto a colaborar com as entidades e denominações religiosas que o procuram. Recebeu o título de Cidadão Panambiense do vereador Ernani Borowski.

 

Tiago Brendle nasceu dia 21 de outubro de 1985 em Condor. Filho de Udo Brendle e Iris Brendle (já falecida). Sua trajetória no voleibol iniciou no Colégio Evangélico Panambi com 13 anos, sob a coordenação do professor Paulo Kepler. No ano 2000 foi estudar e jogar em Brusque, evoluindo até ser convocado para a Seleção Catarinense. Disputou o Campeonato Brasileiro de Seleções sediado em Betim-MG, e seu desempenho rendeu-lhe sua convocação para a Seleção Brasileira Masculina, categoria infanto-juvenil, em 2002. Em 2015, Tiago retornou à seleção adulta e de lá para cá vem integrando o grupo em importantes disputas. Impossibilitado de vir a Panambi para receber o título de Cidadão Panambiense proposto pelo vereador Gustavo Cavalheiro, esteve representado pelo irmão Alexandre no recebimento da honraria.

 

Dilceu Gonçalves de Lima nasceu dia 20 de novembro de 1964 em Redentora. Morador do bairro Esperança, é casado com Elvira Lima de Souza, com quem tem três filhos: Marcos, Sara e Felipe. Chegou em Panambi no ano de 1998 e sua primeira atividade profissional na cidade foi no Supermercado da Cotripal. Passou a desenvolver um bonito trabalho social no seu bairro, ajudando na associação de moradores, entidades esportivas e religiosas. Foi um grande incentivador e apoiador do projeto “Escolinha da Esperança” que visava socializar e disciplinar crianças e jovens adolescentes. Dilceu ingressou no ramo do comércio voltado a alimentação. Alugou um prédio comercial, expandindo seu negócio. Em dois anos se tornou proprietário do imóvel. Recebeu o título de Cidadão panambiense do vereador Vanderlei Silveira de Oliveira.

 

Fiorello Gabbi nasceu dia 14 de dezembro de 1928 na localidade de Vista Alegre, que na época pertencia ao município de Cruz Alta. Casou-se aos 23 anos e da união teve 10 filhos. Aos 14 anos de idade veio residir na localidade de Linha Gramado. Foi presidente da escola por quatro anos, presidente do cemitério por dois anos, ajudou a construir a igreja, participando por diversas vezes da diretoria. Na época da construção do salão comunitário atuava no cargo de vice-presidente. Gostava muito de jogar bocha e baralho aos domingos junto aos seus amigos na sua comunidade, também participando dos eventos nas comunidades vizinhas. Fiorello sente-se satisfeito por ter ajudado a sua comunidade, não medindo esforços, sempre ao lado de sua família. Ele recebeu o títuto de Cidadão Panam-biense do vereador Henri Jorge Markus.

 

Luiz Augusto Brandão Ractz nasceu em Passo Fundo dia 14 de janeiro de 1982. É biólogo, médico veterinário, mestre em Desenvolvimento Rural e empresário. Atua fortemente na prevenção, controle, erradicação e tratamento das doenças dos animais, além do controle da sanidade dos produtos e subprodutos de origem animal para o consumo humano. Com a intenção de evitar a procriação descontrolada e o abandono de animais, em especial cães e gatos, Luiz Augusto, ciente da necessidade da castração cirúrgica, defende ativamente essa técnica, pois é considera a única forma realmente eficaz de controle populacional de animais. E desafia: vamos fazer de Panambi um município destaque na área de saúde pública animal. Ele recebeu o Título de Cidadão Panambiense da vereadora Clarice Morche de Oliveira.

 

Luís Ivani dos Santos nasceu em Rodeio Bonito, hoje município de Novo Tiradentes. Em 1977 a família veio a Panambi. Quando completou 14 anos, em 1986, começou a trabalhar na empresa Kepler Weber cursando o Senai e, após, trabalhou nas empresas Bruning e Saur. Em 1993 prestou o concurso público estadual, almejando a carreira de policial militar, sendo aprovado e ingressado na cidade de Viamão. Em 1996 foi transferido para Panambi. No ano de 2012 frequentou o curso de Instrutor do PROERD na cidade de Três Passos, iniciando neste mesmo ano o trabalho nas escolas, tendo a oportunidade de desenvolver o programa até o momento para aproximadamente 2.500 alunos distribuídos em 18 escolas no município de Panambi. Luís Ivani recebeu o título de Cidadão Panambiense da vereadora Miriam Rosane Dallabrida.

 

Sefferson Steindorff nasceu em 11 de dezembro de 1957 no município de São Pedro do Sul. Casado com Dione, o casal tem três filhos: Douglas, Jeferson e Taciana. Em 1982 iniciou sua atividade de compra de sucatas em Panambi. Em 1995, quando começou a trabalhar com materiais inservíveis do Exército, adquiriu de um agricultor uma Dodge Comander, que foi usada na lavoura. Em 2004, teve a ideia do “Projeto Museu Militar”. Realizou viagens internacionais a outros museus militares conhecendo várias unidades nos Estados Unidos, França, Uruguai, Chile e Itália. Hoje o Museu Militar Brasileiro sediado em Panambi é uma realidade, considerado um dos maiores acervos de viaturas e artefatos militares da América Latina, constituindo-se também em grande atração turística. O título lhe foi entregue pelo vereador Leandro Almeida.

 

Ildo Beuter nasceu dia 17 de outubro de 1955 na localidade de Linha Clara, interior de Condor. Casado com Nelsi Beuter, o casal tem dois filhos: Berenice, casada com Marcos Datsch, e Mateus Beuter, casado com Adriana Paraginski. Estudou no grupo escolar de Condor, hoje escola Agostinha Dill. Trabalhou na empresa Kepler Weber, de 1973 a 1983. Após, iniciou suas atividades na Paróquia Evangélica de Panambi e em março de 1987 começou o curso básico em Teologia em Canoas. Retomou suas atividades na IECLB Centro de Panambi em janeiro de 1988, permanecendo até janeiro de 2002, quando foi fundada a Paróquia Evangélica Luterana Boa Nova de Panambi, que o convidou para ser evangelista, trabalho que exerce até agora. O título de Cidadão Panambiense foi entregue a Ildo Beuter pelo vereador Milton Figueiró de Oliveira.

 

Élton Felipe Klos nasceu em Novo Xingu dia 13 de dezembro de 1967. Casado com Ivanir, o casal tem dois filhos: Cleverson Felipe, casado com Catiúsca, e Camila Fernanda. Chegou em Panambi em 1998 e até o ano de 2006 exerceu atividades laborais na empresa Bruning Tecnometal. No ano de 2005 constituiu a empresa Novo Xingu Materiais de Construção, atuando inicialmente de forma concomitante como industriário e empreendedor, no ramo de materiais para construção. A partir do ano de 2006 passou a focar especificamente a empresa da qual é proprietário. Hoje a empresa está consolidada e além de materiais de construção, também comercializa artigos para instalação hidráulica, eletricidade e decoração. O título de Cidadão Panam-biense lhe foi entregue pelo vereador e presidente da Câmara Neudi José Colombo.

Matéria publicacada em 17/12/2017
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.