»Geral - Panambi News

Ministério da Integração promete R$ 500 mil para ponte no interior

Ponte está situada sobre o Rio Ijuí, no limite entre os municípios de Panambi e Condor
Ponte está situada sobre o Rio Ijuí, no limite entre os municípios de Panambi e Condor

Deputado Perondi informa sobre destinação de R$ 500 mil para obra de ponte no interior de Panambi

Ainda em seu período de férias, o prefeito Daniel Hinnah recebeu uma boa notícia para a comunidade residente no interior do município. Segundo ele, o deputado federal Darcísio Perondi conversou na semana passada com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho e recebeu dele a garantia de que cerca de R$ 500 mil em recursos serão incluídos no orçamento anual da pasta e destinados a Panambi, para a reconstrução de uma ponte na divisa com o município de Condor.

A ponte antiga era feita em madeira, tinha 45 metros de extensão e ficava sobre o Rio Ijuí, mas foi levada pela água nas enchentes de maio e junho de 2017. A nova estrutura será feita em concreto e será colocada a cerca de 9 metros de altura do leito do rio, sendo quase três metros mais alta que a anterior. O projeto foi elaborado ainda em agosto de 2017 pelo engenheiro Celso da Silva, a pedido do coordenador Mateus Junges, da Defesa Civil e foi aprovado integralmente pelos técnicos do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, vinculado ao Ministério da Integração Nacional.

APOIO À COMUNIDADE E GARANTIA DE DIREITOS

A reestruturação da Defesa Civil em Panambi foi uma iniciativa da atual administração municipal, através do chefe de Gabinete, Romário Heitor Malheiros. Sua atuação constante vem resultando em diversos benefícios para a comunidade local. Além de apoiar as ações de resposta em situação de emergência, como distribuição de lonas, organização de abrigos, coleta e distribuição de donativos, o setor é responsável por encaminhar toda a documentação comprobatória em casos de desastres naturais, permitindo que os decretos municipais de situação de emergência sejam homologados e reconhecidos pelas instâncias estadual e federal, resultando em liberação de recursos para obras públicas e acesso a direitos que a legislação garante aos cidadãos que tiveram prejuízos econômicos e patrimoniais em virtude de enchentes ou vendavais, por exemplo.

São oportunidades como o direito ao saque do FGTS ativo, que foi concedido a 26 famílias por ocasião das enchentes e, no caso dos danos causados pelo vendaval de outubro de 2017, já têm até o momento mais de 200 pessoas cadastradas.

Neste último caso, o prazo para cadastramento encerra em 9 de fevereiro, próxima sexta-feira. Para habilitar-se é preciso estar trabalhando com carteira assinada, confirmar que sua moradia sofreu danos no vendaval (notas fiscais dos gastos podem ser úteis) e comprovar residência em Panambi no mês de outubro de 2017, mediante conta de água ou luz (consumo referente a outubro com vencimento em novembro). É necessário que a própria pessoa interessada dirija-se à Prefeitura Antiga (Rua Alfredo Brenner, 81), na Sala dos Conselhos, levando cópias de seu CPF e RG e das contas citadas. Caso o nome nas contas seja do proprietário do imóvel, também é preciso levar cópia do contrato de aluguel e, se estiver no nome do cônjuge, acrescentar cópia da Certidão de Casamento ou Declaração de União Estável. Os pagamentos serão feitos na CAIXA após análise da documentação que será repassada pela Defesa Civil. Os agendamentos serão feitos na agência local, com prazo até 18 de março e limite de aproximadamente R$ 6.200,00 (se houver essa quantia de saldo disponível). Mateus Junges

 

Matéria publicacada em 05/02/2018
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.