»Polícia - Panambi News

Onda de furtos deixa empresas de Panambi com grandes prejuízos

Em cinco dias foram registrados quase duas dezenas de furtos a empresas em Panambi. Segundo relatos, os ataques aconteceram no Distrito Industrial de Panambi, entre os dias 9 e 14 de fevereiro. Muitas empresas foram assaltadas por duas vezes, no período de carnaval. O grupo de criminosos parece não se importar com os sistemas de segurança das empresas e parece conhecer bem a área. Conforme os empresários foram furtados diversos equipamentos, ferramentas e até mesmo mercadorias de clientes. Duas transportadoras também foram furtadas. Em uma delas, um quadro de comando elétrico foi levado.

Um empresário do distrito relatou a reportagem que os prejuízos em uma de suas unidades já ultrapassa R$30 mil. Ele afirma que duas unidades foram invadidas por três vezes, e na última visita, toda a fiação elétrica do prédio foi arrancada.

Após essa onda de assaltos no carnaval, na quarta-feira de cinzas, uma reunião foi realizada com a presença de empresários, ACI e Secretaria de Indústria e Comércio, para avaliar a situação, que já se tornou grave e para que algumas medidas sejam tomadas de imediato. No dia ficou acertado que um dos principais acessos de fuga dos ladrões, pela BR 158, seria interrompido. A SMAIC também solicitou que fosse colocada mais iluminação nos locais escuros para melhorar o alcance e a imagem das imagens das câmeras de monitoramento. O grupo de empresários também acredita que se fechar os secundários, será muito mais fácil monitorar os principais acessos à localidade e aumentar a segurança. Ainda durante a semana, representantes do grupo estiveram reunidos com a Brigada Militar e Polícia Civil para avaliar sobre outros furtos e arrombamentos na localidade. Conforme o tenente Fabio, que responde pela CIA de Panambi, nas sextas-feiras ações foram intensificadas naquela região e adiantou que ja estão sendo mapeados os locais que o bando teria visitado. O delegado titular de Panambi, Roberto Aldino, não conversou com a reportagem, mas repassou que esta se inteirando das ocorrências que aconteceram naquele local.

A onda de furtos e arrombamentos teve início no final de outubro de 2017, principalmente na região sul da cidade. Os locais escolhidos era os estabelecimentos comerciais daquela região, depois oficinas mecânicas, chapeamento e até barracos de construção. O proprietário de uma oficina no bairro Piratini, no mês de dezembro, teve um prejuízo de mais de R$15 mil. A polícia acredita que alguns empresários vítimas dos assaltantes não tenham feito o registro. 

Panambinews

Matéria publicacada em 18/02/2018
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.