»Polícia - Panambi News

Atirador invade apartamento mata pai e filho e fere gravemente a mãe em Santa Maria

ANTES O ATIRADOR TINHA BALEADO UMA PESSOA NA RUA.

Uma sequência de crimes fez com que moradores de uma das principais ruas do centro de Santa Maria - a Floriano Peixoto - acordassem em pânico na madrugada deste sábado (3).

TUDO COMEÇOU NA MADRUGADA.UMA PESSOA BALEADA.

Tudo começou por volta das 5h quando um homem armado, com uma pistola 9 mm, desceu a rua e abordou um grupo de jovens em frente a um bar que fica na via. Ele exigiu de um outro homem, que estava acompanhado de mais outros dois jovens, a chave do carro. O dono do carro, Marcelo Fraccari, se negou a entregar a chave e, então, foi baleado no peito pelo atirador. Os outros dois jovens correram para dentro do bar e avisaram a Brigada Militar (BM).

A INVASÃO AO APARTAMENTO.

Na sequência, o criminoso desceu a Floriano Peixoto e pulou um muro de cerca de três metros e ingressou em um prédio de dois andares. Neste momento, ele invadiu um apartamento, no térreo do prédio, e rendeu Gilberto Mendes, 62, Gabriel Mendes, 16, e Vera Lúcia Gonçalves.

Conforme o delegado regional da Polícia Civil, Sandro Meinerz, o atirador provavelmente conseguiu ingressar no apartamento porque a porta não estaria chaveada, já que um outro filho do casal - que dormia na casa da namorada - deveria estar por chegar no local.

TIROS NA NUCA MATARAM PAI E FILHO.

Já dentro do apartamento, o criminoso atirou na nuca e no pescoço de Gilberto Mendes, que morreu na hora. Depois, ele seguiu em direção ao quarto e matou o filho dele, Gabriel Mendes, que foi atingido por um disparo também na nuca. O adolescente também morreu.

06h39 DA MANHÃ A MÃE AVISA EM REDE SOCIAL E FOGE MESMO FERIDA COM GRAVIDADE

A esposa e mãe das vítimas, Vera Lucia Gonçalves, havia se escondido dentro de um roupeiro em um dos quartos. Assustada, ela pediu, por meio de uma rede social, ajuda a um familiar que também chamou a polícia. Vera conseguiu sair do apartamento, mas mesmo assim foi ferida por dois disparos que a atingiram no rosto e no tórax.

FAMÍLIA CONHECIDA NA CIDADE

A família é conhecida na cidade. De apelido Betinho, Gilberto trabalhava como garçom no restaurante Caixeiral. Vera, dona de casa, faz doces e salgados em casa, segundo o sobrinho. Gabriel era estudante. Felipe, o filho do meio, não estava no apartamento no momento do ataque. E Vera se preocupou com isso, chegou a dizer nas mensagens ao sobrinho que o Felipe estava por chegar. O filho mais velho de Vera e Gilberto, Matheus, não mora com a família.

ATIRADOR NÃO TEVE SUA IDENTIDADE CONFIRMADA.

O atirador foi encontrado pela polícia em um canto do quarto do casal, sem falar, apenas grunhindo e sujo de fezes. A arma estava jogada em outro canto do cômodo.

Diário de Santa Maria/Rádio Gaúcha/Jornalismo da Rádio Cruz Alta AM

 

Matéria publicacada em 03/03/2018
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.