»Geral - Panambi News

Panambi infestado com mosquito Aedes Aegypthi

A chefe do setor de epidemiologia da Secretaria Municipal da Saúde de Panambi, Vânia Piaia Abreu confirmou que o município está na condição de “infestado” pelo mosquito Aedes Aegypthi.

Em razão disso, está sendo empregados dos os recursos, para combater os focos que já atinge todo o município chegando na escala de 6,5 considerado alto.

Enfermeira Vânia, disse, contudo que apesar da existência em grande escala do mosquito da dengue, Panambi não registrou nenhum paciente contaminado com a doença, mas equipes medicas continuam sendo orientadas se caso aparecer algum paciente com sintomas.

Hoje a secretaria da Saúde de Panambi conta com 26 agentes de endemias que trabalham no combate ao mosquito da dengue com mapeamento de toda cidade e quando a focos existente as equipes dão uma atenção especial no raio de abrangência.

Multa pode ser de R$ 500,00 por dia

Conforme informações há pontos que são referência para averiguação dos níveis de infestação, como borracharias, cemitérios e ferros-velhos. Estes locais são monitorados constantemente e desta vez também serão visitados. Além destes, outros pontos em todas as áreas da cidade serão escolhidos aleatoriamente para serem vistoriados. Sendo constatada e existência de focos de proliferação dos mosquitos, os fiscais irão orientar ações para sua eliminação e, caso o proprietário da área não providencie imediatamente as medidas solicitadas, será notificado por escrito para que realize a limpeza em um prazo de 24 horas a 5 dias, conforme as dimensões da infestação. Encerrado o prazo, são feitas novas visitas e, sendo constatada a desobediência às determinações feitas pela equipe da Secretaria de Saúde, será aplicada multa no valor de R$ 500,00 por dia.

Além do dever de contribuir na eliminação dos focos do mosquito, a comunidade deve também facilitar o acesso dos agentes públicos aos terrenos e edificações, sempre conferindo se estão uniformizados e portando seus crachás de identificação. “A prevenção de doenças pela eliminação do mosquito é dos métodos mais eficazes, mas precisa ser uma prática constante da comunidade e não somente quando se recebe a visita do agente de combate a endemias”.

No entanto, segundo a chefe do setor de Epidemiologia da Secretaria Municipal da Saúde, o trabalho de prevenção depende mais da população em tirar 10 minutos para fazer uma limpeza por semana em seu quintal.

 

Confira as dicas de prevenção

-Não deixar água parada em pneus fora de uso. O ideal é fazer furos nestes pneus para evitar o acúmulo de água;

- Não deixar água acumulada sobre a laje de sua residência;

- Não deixar a água parada nas calhas da residência. Remover folhas, galhos ou qualquer material que impeça a circulação da água.

- A vasilha que fica abaixo dos vasos de plantas não pode ter água parada. Deixar estas vasilhas sempre secas ou cobri-las com areia;

- Caixas de água devem ser limpas constantemente e mantidas sempre fechadas e bem vedadas. O mesmo vale para poços artesianos ou qualquer outro tipo de reservatório de água;

- Vasilhas que servem para animais (gatos, cachorros) beber água não devem ficar mais do que um dia com a água sem trocar;

- As piscinas devem ter tratamento de água com cloro (sempre na quantidade recomendada). Piscinas não utilizadas devem ser desativadas (retirar toda água) e permanecer sempre secas;

- Garrafas ou outros recipientes semelhantes (latas, vasilhas, copos) devem ser armazenados em locais cobertos e sempre de cabeça para baixo. Se não forem usados devem ser embrulhados em sacos e descartados no lixo (fechado).

- Não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada;

- As bromélias costumam acumular água entre suas folhas. Para evitar a reprodução do mosquito, o ideal é regar esta planta com uma mistura de 1 litro de água e uma colher de água sanitária.

- Sempre que observar alguma situação (que você não possa resolver), avisar imediatamente um agente público de saúde para que uma medida eficaz seja tomada.

 

 

Matéria publicacada em 31/03/2018
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.