»Geral - Panambi News

Mais de 13 mil gaúchos segurados devem comparecer ao INSS

Foram chamados beneficiados que não agendaram perícias

O governo federal convocou mais de 13 mil gaúchos segurados que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez para a revisão de benefícios por incapacidade do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O grupo abrange 5,3 beneficiários que recebem auxílio-doença e 8 mil que obtiveram aposentadoria por invalidez.

Em todo o Brasil, foram mais de 152,2 mil convocados nessa etapa do processo. A lista completa com os nomes dos beneficiários aparece no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira. A relação também pode ser consultada no site do Ministério do Desenvolvimento Social.

Foram chamados os segurados não localizados por alguma inconsistência no endereço e também aqueles que receberam a carta, mas não agendaram a perícia no prazo determinado. Quem teve o nome publicado no DOU vai ter 15 dias corridos para tomar ciência da publicação e mais cinco para agendar a perícia pelo telefone 135. Ou seja, o prazo para o agendamento se encerra em 4 de maio.

Conforme o Ministério do Desenvolvimento Social, caso a perícia não seja agendada, o pagamento fica suspenso até o convocado regularizar a situação. A partir da suspensão, o prazo é de até 60 dias para que o beneficiário marque o exame. Se ele não procurar o INSS nesse prazo, o benefício é cessado.

No dia 23 de março, o governo convocou mais de 94 mil beneficiários de auxílios-doença e aposentadorias por invalidez. Desse total, 10,1 mil agendaram a perícia até 10 de abril. O prazo para que esses convocados entrem em contato com o INSS e marquem a perícia termina nesta sexta-feira. Correio do Povo

Matéria publicacada em 12/04/2018
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.