»Polícia - Panambi News

Autor de disparo que matou pintor se apresenta à Polícia Civil

Esse foi o segundo assassinato registrado no ano de 2018 em Panambi

Na tarde desta terça-feira, apresentou-se com um advogado, no plantão da Polícia Civil de Panambi, o homem que teria baleado, o pintor predial Gilmar da Silva, 42 anos, na manhã do último domingo, no bairro Wolgien. Segundo informações policiais, o homem, que não teve sua identidade revelada, comentou em seu depoimento, que teria agido em defesa da ex-mulher de Gilmar, Ivete Bairros, que estaria sendo agredida por ele próximo a uma horta, na proximidades da residência dela. O delegado apurou que as investigações prosseguem e aguarda o laudo pericial do IML para a conclusão do inquérito, descartando envolvimento de uma outra o ex-genro de Ivete. Após ouvido, o homem foi liberado. A polícia também está ouvindo testemunhas e pessoas próximas. Ivete de Bairros, que também saiu ferida por uma arma branca, já prestou depoimento. Gilmar Silva "vulgo sapo" morreu no inicio da madrugada de segunda feira, 13hs depois de não resistir aos ferimentos provocado pelo disparo de uma arma supostamente calibre 22 na região da cabeça.

 

Matéria publicacada em 27/06/2018
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.