»Polícia - Panambi News

Aposentada é vítima de golpe em Tupanciretã

Um homem teria abordado a idosa como se fosse vendedor ambulante, oferecendo um colchão

Dois homens que se passavam por vendedores ambulantes aplicaram pelo menos um golpe em Tupanciretã, o crime aconteceu na tarde desta quarta-feira, dia 8 de agosto.

Segundo a vítima, que não quis se identificar, ela estava passando pela Rua Coronel Luiz Azevedo, Centro, quando foi abordada, por um homem, que oferecia colchões.

Segundo ela, o colchão estaria com desconto de R$ 10 mil, por R$6,5 mil, devido aos benefícios do produto ela foi atraída e assim, caiu no golpe dos criminosos.

“ Ele estava com uma amostra do produto nas mãos, me passou confiança, então fui até o banco para buscar o dinheiro, peguei uma carona com eles inclusive, eram dois, esse rapaz que se identificou como Carlos e o outro motorista, que eu não lembro o nome, mas ele disse que o pai era de Júlio de Castilhos.” Revelou a idosa.

Os três foram à área central, quando ela sacou R$ 5 mil no SICREDI e mais R$ 1, 5 mil na Caixa Econômica Federal (CEF), e levou até o rapaz (foto), que aguardava nas proximidades do Posto de Saúde Evandro Boop.

Ao retornarem até o veículo, a aposentada lembrou que havia deixado a sombrinha na CEF, e voltou para buscar, o suspeito falou que aguardaria no carro. Quando ela retornou, ao local, o automóvel (foto), usado pela dupla, um Corsa, já não estava mais no local.

A família iniciou uma caçada aos suspeitos buscando imagens das câmeras de monitoramento nos locais onde eles circularam naquela tarde, a idosa conseguiu identificar o carro (foto), e um dos suspeitos, devido a qualidade das imagens, não foi possível precisar o número da placa do automóvel. Foi efetuado registro de ocorrência da Delegacia de Polícia Civil de Tupanciretã. As imagens colhidas por familiares também estão à disposição da investigação.

“O motorista também falou de um bilhete premiado, disse que precisavam de alguém que soubesse ler, para retirar um prêmio de R$ 850 mil, passaram o telefone para uma moça que se dizia atendente da Caixa Econômica, que confirmava a premiação e pedia R$ 5 mil para retirar o dinheiro, mas desconfiei e não aceitei a proposta. Quando sentei no banco do carro, vi um malote cheio de dinheiro.” Revelou a idosa.

A vítima explicou ainda, que os suspeitos circulavam com cautela, evitavam as vias mais movimentadas, após o ocorrido, ela se deu conta, que a intenção da dupla era desviar as câmeras de monitoramento. jornalmanchete.com.br

Matéria publicacada em 15/08/2018
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.