»Geral - Panambi News

Nosso Hospital está doente e pede socorro

A administração do Hospital de Panambi vem desempenhando suas funções com muita responsabilidade e competência, e são muitos os elogios ao atendimento, especialmente daqueles que usufruem de observação mais prolongada, quando recebem atenção de todo o corpo clínico, centro de imagem, e outros. Trata-se de uma equipe que sabe o que faz e trata com carinho aqueles que por algum tempo estão carentes e necessitando de cuidados. Mas neste exato momento quem está carente e pedindo socorro é o próprio hospital. Isso está acontecendo porque a entidade não recebe recursos que lhe deveriam ser destinados. É notória e clara que a situação do hospital de Panambi está atrelada aos recursos insuficientes destinados SUS. A Instituição está fazendo a sua a parte, inovou e implantou sistemas e equipamentos para prestar os serviços necessários para que lhes repassassem os recursos de que tanto precisam para continuar atendendo a população. Surpreendentemente, a administração municipal não vem cumprindo com a sua obrigação que é de repassar a contrapartida, na liberação de recursos e autorizações para o hospital trabalhar, preferindo encaminhar pacientes para municípios da região. “De longa data o hospital vem cedendo a área onde funciona o Pronto Socorro, para favorecer o município e assim estreitar essa parceria, mas a proximidade entre eles, nestes “Novos Tempos”, esta a cada dia se distanciando e a crise financeira é uma mera desculpa para os que, lamentavelmente, não conseguem dar outra resposta pela falta de gestão na área da saúde. Sabemos que o acesso universal à saúde de qualidade são direitos humanos conquistados e garantidos pela constituição federal. Porém, a cada dia vemos os direitos de nosso povo se transformarem em favores e é lamentável afirmar que na atual circunstância o hospital não está reivindicando nenhum benefício para investimentos, mas apenas e tão simplesmente, recursos para saírem do retrocesso e terem sua dignidade de volta. Em que pese todo esforço e ajuda da comunidade e dos vereadores na busca de emendas parlamentares e outras alternativas, é urgente e necessário que a administração municipal se sinta responsável e veja o hospital como uma extensão da administração, entendendo que se o hospital fechar o caos será inevitável. É preciso de união para salvar nosso hospital e neste momento publicações para se eximir de responsabilidades são desnecessárias. É preciso ter atitude pois, com tudo isso acontecendo quem perde? Como sempre, os mais necessitados que precisam do atendimento do hospital. Esperamos que logo, logo o dinheiro venha, pois sem ele a situação ficará muito, mas muito mais complicada, e nosso hospital não pode morrer”, concluiu o vereador Gustavo Cavalheiro. por-assessoria do vereador

Matéria publicacada em 01/12/2018
COMPARTILHE ESTA PÁGINA
» Arquivo de Notícias
O panambinews.com é totalmente contrário a prática de cópias não autorizadas de conteúdo, matérias e fotos ( violação de direitos autorais ) e também não autoriza a reprodução de seu conteúdo em outros sites, portais ou ainda em mídia impressa, a não ser sob autorização escrita e certificada. Podendo apenas compartilhar nas redes socias preservando as informações, links e créditos originais.